header top bar

section content

Ministro do STF mantém prisão do prefeito afastado de Uiraúna, que escondeu dinheiro na cueca

Bosco Fernandes, gestor afastado de Uiraúna, foi preso na Operação Pés de Barro, da Polícia Federal, realizada em dezembro de 2019

Por José Dias Neto

15/05/2020 às 10h14 • atualizado em 15/05/2020 às 10h17

Dr. Bosco Fernandes foi flagrado colocando dinheiro na cueca. Foto: Reprodução do vídeo

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Celso de Melo, decidiu manter a prisão do prefeito afastado de Uiraúna na região de Cajazeiras, Bosco Fernandes (PSDB). O ministro também negou a liberdade a Israel Numes de Lima. Já Severino Batista do Nascimento Neto, motorista de Dr. Bosco, será solto.

Essa é a segunda vez que a defesa de Dr. Bosco tenta sua liberdade e é negada pelo STF. Na primeira vez, em fevereiro de 2020, o ministro Gilmar Mendes também negou a liberdade do político paraibano, que alegou necessidade de tratamento psiquiátrico.

VEJA MAIS: 

VÍDEO: Fantástico da Globo revela que prefeito de Uiraúna recebeu dinheiro em hotel da cidade de Sousa

VÍDEO: PF diz que investigação contra o deputado Wilson Santiago flagrou 11 entregas de propina na PB

Bosco Fernandes, gestor afastado de Uiraúna, foi preso na Operação Pés de Barro, da Polícia Federal, realizada em dezembro de 2019 e deflagrada para combater desvios de recursos que seriam para construção de uma adutora no município de Uiraúna.

O prefeito paraibano aparece em vídeo divulgado pela Polícia Federal, colocando dinheiro na cueca.

DIÁRIO DO SERTÃO

ORÇAMENTO DEMOCRÁTICO ESTADUAL

VÍDEO: Durante ODE, Governo destaca recursos de R$ 297 milhões nas regiões de Catolé, Princesa e Pombal

NO SOL

VÍDEO: Em Sousa, mototaxistas falam sobre corte de árvore no HRS e fazem apelo à prefeitura: “A gente não tem pele de morcego”

FATOR PSICOLÓGICO

VÍDEO: Delegada usa exemplo do caso DJ Ivis e explica o porquê de mulheres não denunciarem agressores

ELEIÇÕES EM SOUSA

EXCLUSIVO: Leonardo revela seu apoio para federal, nega racha com André e comenta saída de Myriam do PSC

Recomendado pelo Google:
error: Alerta: Conteudo Protegido !!