header top bar

section content

Região de CZ: Candidata a prefeita suspeita de comprar votos está livre de inelegibilidade

Em março deste ano, Tilene foi condenada, ao lado do seu candidato a vice-prefeito Chico Batista, a pena de multa e inelegibilidade por oito anos

Por

09/10/2014 às 15h19

Candidata a prefeita teve decisão reformada

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) da Paraíba acatou, por unanimidade, na sessão da tarde desta quarta-feira (08), o recurso interposto por Francisca Francilene Gonçalves (Tilene), que foi candidata à prefeita do município de Triunfo.

A decisão do TRE, em consonância com o parecer do Ministério Público Eleitoral, reformou a decisão do juiz de primeiro grau, por entender que as provas eram contraditórias, confusas e suspeitas, restabelecendo os direitos políticos de Tilene e de Chico Batista. 

Em março deste ano, Tilene foi condenada, ao lado do seu candidato a vice-prefeito Chico Batista, a pena de multa e inelegibilidade por oito anos, em sentença proferida pelo juiz da 37ª zona eleitoral, que entendeu ter havido captação ilícita de voto na última eleição municipal.

Atuaram na defesa de Tilene os advogados Júnior Bento e Jone Pereira, que estiveram presentes no julgamento da corte eleitoral paraibana, sustentando a tese que defenderam deste o inicio do processo.

DIÁRIO DO SERTÃO com Blog do Adjamilton

Tags:
ASSISTA!

Arquitetura, urbanismo e direitos humanos marcaram último episódio da temporada do Coisas de Cajazeiras

VÍDEO

Comemorando o dia dos Direitos Humanos, professor fala sobre os avanços da data no Diversidade em Foco

SERTÃO PRESTIGIADO

VÍDEO: Com cajazeirense na vice-presidência, OAB-PB empossa os eleitos para comandar a instituição

ÁGUA

VÍDEO: Prefeito de Santa Helena inaugura barragem na comunidade São Bento e açude já acumula água