header top bar

section content

Comentarista discorda de vereadores que tentam barrar Gobira para federal, alfineta políticos e diz: Vem surpresas

O radialista comparou a campanha de Gobira a de Tiririca, que foi eleito em 2010 pelo chamado “Voto de Protesto”. Vídeo!

Por

02/09/2014 às 17h42

Vereadores tentam barrar Gobira em CZ

O comentarista da TV Diário do Sertão, o radialista Jarismar Pereira falou nesta quinta-feira (02), da intervenção da Câmara municipal na candidatura de Antonio Gobira (PSOL), na cidade de Cajazeiras.

O candidato que exerce a função de sapateiro realizou na semana passada o maior evento político do município, o que parece ter incomodado alguns seguimentos políticos.

O radialista comparou a campanha de Gobira a de Tiririca, que foi eleito em 2010 pelo chamado “Voto de Protesto”.

De acordo com o comentarista, o incômodo ficou muito claro quando nessa segunda-feira (1), os vereadores passaram uma sessão inteira discutindo a candidatura do sapateiro.

“Os vereadores argumentaram que se Gobira levar os votos de Cajazeiras, os deputados federais que serão eleitos não vão mandar recursos para cidade como forma de retaliação”. Contou o radialista.

Jarismar afirmou que o candidato vai surpreender muitos medalhões da política, e discordou do discurso dos vereadores, pois os deputados federais com mandatos trouxeram pouca coisa para o Sertão da Paraíba.

“Os deputados não falam com o povo, falam com os políticos, se reúnem chácaras para beneficiar os políticos, é isso que acontece. Já Gobira vem do povo”. Argumentou ele.

Veja vídeo!

DIÁRIO DO SERTÃO

Tags:
DIÁRIO ESPORTIVO

VÍDEO: Na TV, dirigentes do Atlético de Cajazeiras explicam contratações fechadas e outras que ‘melaram’

NOVAS CRÍTICAS

VÍDEO: Para líder católico de Cajazeiras, o Nordeste será “um recanto esquecido” por Bolsonaro

CLIMA DE EMOÇÃO

VÍDEO: Amigos e familiares destacam o legado de Dr. Toinho durante velório do advogado em Cajazeiras

ECONOMIA

VÍDEO: Com fila zerada, Bolsa Família injeta quase R$ 2 milhões por mês em Cajazeiras, diz coordenador