header top bar

section content

Sessão vira barraco: Vereador de Cajazeiras taxa padre de mentiroso e adversário político; colega dispara: “Igreja não vai permitir isso”

O vereador se solidarizou com o padre e destacou que o trabalho desenvolvido pelo vigário em Cajazeiras é social e não político.

Por

28/08/2014 às 09h29

Vereador Jucinério defende padre de Cajazeiras

Na noite dessa terça-feira (26), o clima foi de muita discussão na sessão da Câmara Municipal de Cajazeiras. Na ocasião, o vereador Jucinério Félix (PROS) defendeu um padre de Cajazeiras que, supostamente, foi taxado de mentiroso pelo vereador Marcos Barros (PSB).

O religioso envolvido na questão é o padre da Paróquia São José, Damião Nunes que, recentemente, recebeu o título de Cidadão Cajazeirense na Casa Legislativa.

Jucinério se solidarizou com o Padre Damião e destacou que o trabalho desenvolvido pelo vigário em Cajazeiras é social e não político.

“Ele representa a Igreja Católica no nosso município. Nunca o vi em palanque de nenhum candidato. O padre não pode ser chamado de mentiroso. A igreja não deve permitir isso”, disse.

Entenda o caso
A discussão na Câmara começou quando o vereador Humberto Pessoa (PTB) usou a tribuna para denunciar seu colega Marcos Barros que, segundo ele, havia taxado um padre da cidade de “mentiroso” e afirmado que o religioso era adversário político.

Veja Vídeo!

DIÁRIO DO SERTÃO

Tags:

Recomendado para você pelo google

DIRETO AO PONTO

VÍDEO: Após fazerem as ‘pazes’, Jeová e Júnior vão dividir cargos na saúde com Estela, diz comentarista

ECOTROTE

VÍDEO/FOTOS: Trote diferente da Faculdade Santa Maria conscientiza novatos a cuidarem do meio ambiente

QUE VENHA MAIS!

VÍDEO! Sousa registrou maior chuva da Paraíba em 2019 e açude São Gonçalo aumenta 61 centímetros

SONHO REALIZADO

VÍDEO/FOTOS: Prefeitura de Cajazeiras realiza sorteio de 300 apartamentos e evento é marcado pela emoção