header top bar

section content

Sessão vira barraco: Vereador de Cajazeiras taxa padre de mentiroso e adversário político; colega dispara: “Igreja não vai permitir isso”

O vereador se solidarizou com o padre e destacou que o trabalho desenvolvido pelo vigário em Cajazeiras é social e não político.

Por

28/08/2014 às 09h29

Vereador Jucinério defende padre de Cajazeiras

Na noite dessa terça-feira (26), o clima foi de muita discussão na sessão da Câmara Municipal de Cajazeiras. Na ocasião, o vereador Jucinério Félix (PROS) defendeu um padre de Cajazeiras que, supostamente, foi taxado de mentiroso pelo vereador Marcos Barros (PSB).

O religioso envolvido na questão é o padre da Paróquia São José, Damião Nunes que, recentemente, recebeu o título de Cidadão Cajazeirense na Casa Legislativa.

Jucinério se solidarizou com o Padre Damião e destacou que o trabalho desenvolvido pelo vigário em Cajazeiras é social e não político.

“Ele representa a Igreja Católica no nosso município. Nunca o vi em palanque de nenhum candidato. O padre não pode ser chamado de mentiroso. A igreja não deve permitir isso”, disse.

Entenda o caso
A discussão na Câmara começou quando o vereador Humberto Pessoa (PTB) usou a tribuna para denunciar seu colega Marcos Barros que, segundo ele, havia taxado um padre da cidade de “mentiroso” e afirmado que o religioso era adversário político.

Veja Vídeo!

DIÁRIO DO SERTÃO

Tags:

Recomendado para você pelo google

VÍDEO

Capitão da PM conta que vítima de tiros em Cajazeiras fez revelação sobre crime antes de morrer

VÍDEO

No Sertão, Ricardo Coutinho rebate presidente da assembleia e manda recado duro para governador da PB

SAÚDE PÚBLICA

VÍDEO: Mensagem Empresarial recebe especialista em saúde pública e fala de práticas integrativas do SUS

DESCONTRAÇÃO

VÍDEO: Sucesso na internet, Gleyfy Brauly e MC Nem animam o programa Xeque Mate dessa semana