header top bar

section content

Visitar entes queridos no Dia de Finados renova as forças, diz padre. Vídeo!

Segundo o padre, a prática de visitar túmulos dos entes queridos é considerada um dos mais importantes rituais religiosos da tradição cristã desde a Idade Média

Por

01/11/2015 às 15h40

?

Nesta segunda-feira, dia 2 de novembro, milhões de pessoas estarão visitando os cemitérios de todo o Brasil para prestar homenagens aos mortos no feriado de Dia de Finados. A prática é considerada um dos mais importantes rituais religiosos da tradição cristã católica e acontece desde a Idade Média.

Neste dia os visitantes depositam flores nos jazigos e mausoléus dos seus entes queridos e rezam pelas suas almas, já que, de acordo com a doutrina da Igreja Católica, a alma da maioria dos mortos está no purgatório passando por um processo de purificação. Por essa razão ela necessita de orações dos vivos para que intercedam junto a Deus pelo sofrimento que a aflige. Por isso o Dia de Finados era conhecido na Idade Média como “Dia de Todas as Almas”.

Em Cajazeiras, cidade cuja maioria da população é católica, os cemitérios costumam ficar lotados durante todo o feriado. Para o Padre Francivaldo, o Dia de Finados tem como expressão maior a gratidão, além, é claro, do sentimento de saudade (assista ao vídeo no final dessa matéria).

“O Dia de Finados é esse momento de comunhão, de renovar a memória, de transculturar para o hoje aquele ontem que fez vida em nossas vidas, aquelas pessoas que foram gratas, que construíram, que ajudaram na nossa história a formar essa grande cultura da existência. O Dia de Finados é um dia bonito, que tem como expressão maior a gratidão, a expressão do amor que não morre”, comentou o religioso.

Apesar da visão fúnebre que este dia possa ter, Padre Francivaldo acredita que visitar os entes queridos e pessoas que deixaram sua marca na historia também renova as forças dos que aqui permanecem. “É o dia de refazer as energias da gente olhando para a importância de cada pessoa que engrandeceu nossa história.”

Assista ao comentário do Padre Francivaldo na TV Diário do Sertão:

DIÁRIO DO SERTÃO

Tags:

Recomendado para você pelo google

BOMBEIROS NO LOCAL

VÍDEO: Incêndio destrói fazenda de vereador em Itaporanga, e funcionário suspeita de ato criminoso

CONSÓRCIO NORDESTE

VÍDEO: João Azevêdo destaca potencial tecnológico de Campina Grande em encontro com empresários alemães

ARMAÇÕES?

VÍDEO: Presidente da Câmara de Marizópolis denuncia golpe e ameaças de armação contra “quem pensa diferente”

NA VILA NOVA

VÍDEO: Advogado acusa PM de abuso de autoridade durante blitz em Cajazeiras: “Atitude transloucada”