header top bar

section content

Igrejas evangélicas abrirão com 30% da capacidade, mas os templos católicos seguirão fechados em Sousa

O descumprimento de qualquer medida sanitária deverá resultar em multa de até R$ 50 mil e imediata interdição do local.

Por Campelo Sousa

13/03/2021 às 10h11 • atualizado em 13/03/2021 às 15h55

Igrejas são atividades essenciais em Sousa (foto: ilustrativa/MEVAM)

O prefeito de Sousa, Fábio Tyrone (Cidadania), divulgou instrução normativa sobre reconhecimento das atividades religiosas como essenciais.

O artigo 1º, aponta que fica permitida a realização de missas, cultos e atividades religiosas presenciais com ocupação máxima de 30% de sua capacidade, observando as normas de distanciamento social, uso obrigatório de máscaras, disponibilidade de álcool em gel e aferição de temperatura de todos os participantes, sendo permitido funcionamento até às 21:30h.

O artigo 2º revela que o descumprimento de qualquer medida sanitária deverá resultar em multa de até R$ 50 mil e imediata interdição do local.

A instrução normativa é válida até o dia 26 de março de 2021 e as medidas previstas podem ser avaliadas a quaqluer momento, conforme situação epidemiológica do município.

Igrejas católicas permanecem vazias em meio à pandemia (foto: reprodução/internet)

Igrejas fechadas
O Bispo Diocesano de Cajazeiras Dom Francisco de Sales divulgou nesta sexta-feira (12), nota oficial prorrogando até de 26 de março as celebrações com a presença de fieis. A orientação foi direcionada a todas as Paróquias e Comunidades da região. A medida é para evitar a disseminação da Covid-19 em consonância com o decreto estadual.

Normativa divulgada na Gazeta de Sousa

VEJA TAMBÉM
Celebrações presenciais continuam suspensas temporariamente pela Diocese de Cajazeiras
Ex-padre da Diocese de Cajazeiras pede orações para encontrar uma mulher para casar

O decreto estadual
O decreto emitido no dia 24 de fevereiro de 2021, pelo governador João Azevêdo (Cidadania), determina à suspensão de aulas presenciais nas escolas das redes estadual e municipais de todo o estado, dos cultos, missas e cerimônias religiosas presenciais nos municípios classificados com bandeiras vermelha e laranja, na avaliação epidemiológica do Plano Novo Normal Paraíba.

Dentre as medidas de prevenção, dos dias 24 de fevereiro à 10 de março, está sendo adotado o toque de recolher das 22h às 5h.

DIÁRIO DO SERTÃO

SEM ORGANIZAÇÃO

VÍDEO: “É um absurdo”, diz mulher ao relatar aglomeração em ponto de vacinação em Cajazeiras

DENÚNCIA GRAVE

VÍDEO: “A maldade está nos médicos”, diz procurador do MPPB sobre falta de atendimento na pandemia

SÍTIOS DE CAJAZEIRAS

VÍDEO: Colunista diz que campanha para alargar estradas vicinais depende da sensibilidade popular

ATENÇÃO REDOBRADA

VÍDEO: Secretário Executivo de Saúde da Paraíba fala sobre aumento de casos de Covid-19 em jovens

Recomendado pelo Google:
error: Alerta: Conteudo Protegido !!