header top bar

section content

VÍDEO: HRC e Comissão de Direitos Humanos da OAB-CZ esclarecem caso de homem deitado no chão do hospital

Caso de José Alves da Silva ganhou repercussão quando ele foi fotografado por uma pessoa não identificada dormindo no chão do hospital, usando apenas frauda

Por Jocivan Pinheiro

17/01/2018 às 16h46 • atualizado em 17/01/2018 às 16h53

Um homem identificado como José Alves da Silva, de 56 anos, que é morador de rua, deu entrada no Hospital Regional de Cajazeiras (HRC) na madrugada da segunda-feira (17) depois de ter sido agredido por outro mendigo.

Uma equipe do HRC realizou o atendimento necessário e o paciente recebeu alta. Só que, temendo sofrer novas agressões, José Alves se recusou a retornar para a rua e permaneceu dentro do hospital, onde alegava estar seguro e bem alimentado.

Mas o caso de José Alves ganhou maior repercussão quando ele foi fotografado por uma pessoa não identificada dormindo no chão do hospital, usando apenas frauda.

A foto foi compartilhada nas redes sociais e logo o assessor de comunicação do HRC, Daniel Oliveira, procurou esclarecer a polêmica, explicando que o paciente ainda não havia recebido alta quando resolveu sair da cadeira de repouso e deitar no chão, provavelmente por costume.

Daniel relata ainda que quando a situação foi resolvida, o Serviço Social do hospital acionou a Secretaria de Ação e Promoção Social de Cajazeiras que, por sua vez, levou José Alves para a residência de familiares no Distrito de São Gonçalo.

José Alves foi fotografado no chão do hospital apenas de frauda

Diante da repercussão do caso, membros da Comissão de Direitos Humanos da OAB de Cajazeiras resolveram ir até o HRC para averiguar a veracidade da denúncia. A presidente Cícera Cavalcante afirma que não houve violação dos direitos humanos do paciente por parte da unidade de saúde.

“Fomos muito bem acolhidos pela direção do hospital, que esclareceu todos os fatos. O paciente conversou com a gente, disse que estava bem, que foi bem atendido no hospital; ele não teve nenhuma queixa com relação a atendimento”, conta.

DIÁRIO DO SERTÃO

PALAVRA DE VIDA

VÍDEO: Pastor de Igreja Evangélica de Cajazeiras fala sobre depressão e ora pela vida das pessoas

DIAS DE LUTA

VÍDEO EXCLUSIVO: Enfermeira fala do desafio de trabalhar na Ala Covid-19 do Hospital de Cajazeiras

DOE VIDA

VÍDEO: Projeto Mais Enilde pede doações de sangue e medula óssea no Sertão paraibano

OBRA DEMORADA

VÍDEO: Obras de terminal rodoviário de Sousa estão paralisadas há mais de dois anos e população reclama

Recomendado pelo Google:
error: Alerta: Conteudo Protegido !!