header top bar

section content

Em sessão especial, Câmara de Cajazeiras debate “Outubro Rosa”, campanha de prevenção ao câncer de mama

Sessão especial atendeu propositura do vereador Jucinério Félix

Por Jocivan Pinheiro

17/10/2018 às 14h24 • atualizado em 22/10/2018 às 14h38

Sessão especial sobre Outubro Rosa atendeu à propositura do vereador Jucinério Félix (PPS)

A Câmara de Cajazeiras realizou nesta terça-feira (16) uma sessão especial para debater o “Outubro Rosa”, campanha mundial de prevenção ao câncer de mama, atendendo pedido do vereador Jucinério Félix (PPS).

A sessão foi presidida pelo presidente Marcos Barros de Souza (PSB) e secretariada pelo primeiro secretário Álysson Américo de Oliveira (Alysson Voz e Violão) e pelo segundo secretário Kleber Gonçalves Lima (PTB).

A mesa diretora teve as presenças do secretário de Saúde Cristovão Pinheiro; da secretária executiva de Políticas Públicas para as Mulheres Laurecy Penaforte; do médico Osvaldo Martins Filho como palestrante; e de Socorro Guedes, coordenadora da Maternidade do Hospital Regional de Cajazeiras.

A mesa do plenário foi composta pela presidente do SINFUNC, Elinete Lourenço; por Francisca Juliana, coordenadora da ACS; Andréa Albuquerque, coordenadora da Central de Marcação; Fausto Nascimento, coordenador do CRAS II e doutor Inácio.

VEJA TAMBÉM:

A pedido da Câmara, diretor da SUDEMA visita Cajazeiras e garante ser possível revitalizar açude

Médico Osvaldo Martins Filho, palestrante da sessão

O Outubro Rosa foi lembrado no Plenário Edmilson Feitosa Cavalcante com o banner oficial da campanha “Nós apoiamos essa causa”. Um laço rosa foi usado pelos parlamentares em suas vestimentas.

O vereador Jucinério Félix destacou que “o mês de outubro é dedicado ao combate e à prevenção ao câncer de mama, sendo o tradicional Outubro Rosa, que pretende conscientizar as mulheres sobre a importância de evitar a doença.”

O palestrante Osvaldo Martins Filho apresentou em slides o tema: “Outubro Rosa: é preciso falar disso”, destacando a importância da mulher conhecer suas mamas e ficar atenta às alterações suspeitas.

Ele explicou que para mulheres de 50 a 69 anos, é recomendada a realização de uma mamografia de rastreamento a cada dois anos e que o Sistema Único de Saúde (SUS) garante a oferta gratuita do exame para as mulheres em todas as faixas etárias.

Ainda destacou que “o câncer de mama pode ser detectado em fases iniciais, em grande parte dos casos, aumentando assim as chances de tratamento e cura.”

DEPENOU O GALO

VEJA OS GOLS: Atlético de Cajazeiras vence o Treze de Campina e assume a liderança isolada do Paraibano

NA TELA DA TV DIÁRIO

Diário Esportivo traz tudo sobre a 2ª rodada do Paraibano; Tático narra gol da vitória do Atlético

SE CUIDE!

VÍDEO: No Janeiro Branco, Diversidade em Foco promove uma ‘Conversa sobre suicídio e como evitá-lo?’

RECONHECIMENTO

Prefeito de Sousa garante ajuda mensal ao médico cubano: “Eu irei ajudá-lo em todos os momentos”