header top bar

section content

Padre culpa sociedade e internet por crimes na região de Cajazeiras: “Filosofia da morte”

O padre disse ainda que, a sociedade assiste com os braços cruzados, a banda da morte tocar e passar.

Por

25/09/2014 às 16h56

Padre Francivaldo, Direto ao Ponto

O padre Francivaldo Albuquerque em sua coluna “Direto ao Ponto” para a TV Diário do Sertão nesta quinta-feira (25) culpou a própria sociedade e a liberação da internet pelo que ele denomina de “Filosofia da Morte”.

Para ele, a omissão da sociedade sertaneja na atualidade, é muito mais grave do que a atitude dos assassinos sem consciência.  “Estamos assistindo a filosofia da morte que cresce cada dia mais. Organizações de grupos de jovens que vão querendo assumir o papel da lei em seu próprio espaço e encontram a felicidade em destruir a vida”, disse o padre.

O padre Francivaldo disse que, muito do que acontece é culpa de uma internet aberta, aonde cada um vai construindo seu mundo particular, sem ter alguém que o oriente. “A educação é muito mais que mandar seu filho pra escola. É a preparação do caráter, da moral. É a preparação para a vida. Hoje, a internet prepara para a morte”, disse.

O padre disse ainda que, a sociedade assiste com os braços cruzados, a banda da morte tocar e passar. 

Veja Vídeo!

DIÁRIO DO SERTÃO

Tags:
"AQUI NESSA MESA DE BAR"

VÍDEO: Homenagem a garçons de Cajazeiras no programa Xeque-Mate tem música, drinks e boas histórias

SAÚDE E BEM-ESTAR

VÍDEO: Sangramento nas regiões do reto e do ânus pode ser sinal de doença grave, avisa médico

APOIO DE CRAQUE

VÍDEO: Embaixador do Campeonato Paraibano, Hulk diz que está à disposição para ajudar clubes do Sertão

COMISSÃO DE DIREITOS HUMANOS

VÍDEO: Para advogado da OAB de Cajazeiras, investir em presídios e não em escolas é ‘enxugar gelo’