header top bar

section content

VÍDEO: Bioquímico de Cajazeiras revela que jejum antes de exames será abolido e explica os motivos

Dr. Ivan Cavalcanti afirma que hoje em dia apenas os exames de triglicerídeos e glicose exigem jejum

Por Jocivan Pinheiro

09/11/2018 às 13h56 • atualizado em 09/11/2018 às 14h15

Em entrevista especial no programa Balanço Diário, Dr. Ivan Cavalcanti, bioquímico de renome na Paraíba, revelou que a Sociedade Brasileira de Cardiologia e a Sociedade Brasileira de Endocrinologia querem abolir a obrigatoriedade de fazer jejum antes da realização de qualquer exame laboratorial.

Tradicionalmente, as pessoas faziam jejum de até 12 horas para poder se submeter a um simples exame de sangue. Mas, segundo Dr. Ivan, isso deverá acabar definitivamente devido ao avanço da tecnologia.

Ele conta que hoje em dia apenas exames de glicose e triglicerídeos exigem jejum. Ainda assim, o período de abstinência de alimentação pode ser de apenas 8 horas.

VER TAMBÉMBioquímico alerta para perigo de não fazer diagnóstico precoce do câncer de próstata

Por outro lado, Dr. Ivan recomenda que no caso dos exames que não exigem jejum, o paciente não deve exagerar na alimentação.

Ele ressalta que no Laboratório de Análises Clínicas Dr. Ivan Cavalcanti os laudos dos exames apresentam valores de referência com e sem jejum.

DIÁRIO DO SERTÃO

Recomendado para você pelo google

DETALHES

VÍDEO: Tenente do Corpo do Bombeiros conta como aconteceu a morte de irmãos em açude no Vale do Piancó

RESGATE HISTÓRICO

VÍDEO: Memorialista que conviveu com Luiz Gonzaga diz que havia incompatibilidade ente ele e Gonzaguinha

'CIDADE EDUCADORA'

VÍDEO: Na Câmara, professores aplaudem prefeito de Monte Horebe por aumento salarial acima do piso

HISTÓRIA DE FÉ

VÍDEO: Padre é homenageado com placa e exposição de seus objetos na Capela dos Remédios, em Cajazeiras