header top bar

section content

Hospital Regional de Piancó homenageia pacientes que tiveram alta da Covid-19 com “Árvore da Vida”

Os próprios funcionários do hospital mostraram suas habilidades artísticas na pintura e também na música em atividades recreativas para os pacientes.

Por Juliana Santos

26/03/2021 às 18h59 • atualizado em 26/03/2021 às 19h07

Os profissionais da unidade hospitalar ajudaram nas atividades. (Foto: Divulgação)

Os profissionais do Hospital Regional Wenceslau Lopes (HRWL), de cidade  Piancó, no Sertão paraibano, que pertencente à rede estadual de Saúde, homenagearam pacientes de Covid-19 que recebem alta. Uma das ações foi a  “Árvore da Vida”, pintura feita na parede, dentro da unidade, onde são colocadas fotos de pacientes que venceram o vírus, num gesto de gratidão e renovação da vida.

A diretora geral do Hospital, Inez Leite, embora tenha consciência da realidade dura que vem enfrentando, lembra que afeto nunca é demais, principalmente nesta ocasião. “Ainda estamos atravessando momentos muito difíceis, mas acredito que a vida vencerá”, afirmou, destacando que, nesses momentos especiais, estão sendo revelados grandes talentos entre os próprios profissionais do hospital.

VEJA TAMBÉM

Após ser acusada de furar a fila de vacinação esposa de vice-prefeito de Sousa faz esclarecimento

A pintura foi batizada “Árvore da Vida” pelo próprio autor da obra, o artista plástico e também maqueiro  do Hospital, Massione Badú. “Fico muito feliz com o resultado. Escolhi a árvore porque simboliza a vida. É uma alegria muito grande ver os pacientes que recebem alta empolgados em ver as suas fotos no painel”, festejou.

A obra está localizada na clínica respiratória, onde ficam os pacientes com quadro estável e menos grave. A parede tem três metros de altura, com espaço para 25 fotos. Além disso, ele produziu outra pintura, também de árvore, que fica no lugar onde os pacientes tomam o banho de sol.

As fotos dos pacientes foram coladas na árvore simbólica. (Foto: Divulgação)

O porteiro Rufino de Lima também contribui com o seu lado musical, tocando saxofone, suavizando e alegrando o ambiente. “É uma sensação muito boa de ajudar as pessoas que estão precisando. Acho que só engrandece os seres humanos. É muito gratificante, sem contar que música é alegria e esperança”, afirmou Rufino.

Os profissionais do Regional de Piancó também recebem “mimos” da direção. Nesse período conturbado de pandemia, são feitas ações de encorajamento, afeto e motivacionais, a exemplo da entrega de chocolates, rosas e outros afagos, tudo de surpresa. “É um gesto simples, mas que conta muito para quem está à frente desse combate exaustivo e precisando de cuidado e atenção. Sempre que realizamos uma surpresa assim, eles ficam muito emocionados”, disse a diretora.

Casos

Até agora, tiveram alta 370 pacientes do Hospital Regional de Piancó e 123 foram a óbito. O unidade dispõe de18 leitos Covid de enfermaria e 8 de Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Está previsto a abertura de mais quatro leitos de enfermaria e mais três de UTI.

O Hospital atende a 3ª Macrorregião de Saúde, que abrange pacientes do Vale do Piancó e das Regiões de Sousa e Cajazeiras e, também, de Princesa Isabel.

DIÁRIO DO SERTÃO

NA PARAÍBA

VÍDEO: Governador fala da vacinação e do pedido de reforço na quantidade de doses ao Ministério da Saúde

DIRETO AO PONTO

VÍDEO: Radialista fala de julgamento no TSE que pode recolocar Allan Seixas como prefeito de Cachoeira

SORRISO NO ROSTO

VÍDEO: Mulher abandonada com os filhos pelo marido recebe ajuda em alimentos e agradece à campanha

FECHADO

VÍDEO: Diretor de fiscalização do CRM revela motivos que levaram à interdição do hospital de São João

Recomendado pelo Google:
error: Alerta: Conteudo Protegido !!