header top bar

section content

Em Sousa: bombeiro fala da alteração em lei que proíbe fogos de artifício em eventos: “Pode gerar multa e interdição do local”

O bombeiro falou sobre os cuidados que a população precisa ter ao soltar fogos de artifícios, e orientou comprar o material em locais que tenham autorização. Veja

Por Campelo - Diário do Sertão em Sousa

14/06/2017 às 15h53 • atualizado em 14/06/2017 às 15h59

O Governador da Paraíba, Ricardo Coutinho (PSB) sancionou a alteração no texto da lei que proíbe o uso de fogos de artifício, sinalizadores e shows pirotécnicos no estado, para incluir eventos esportivos na categoria de lugares onde estão proibidos os itens citados. A nova lei, de autoria do deputado Adriano Galdino, foi publicada no Diário Oficial da Paraíba no dia 27 de maio e entrou em vigor no mesmo dia.

A reportagem do Diário do Sertão conversou com o tenente Arthur Maia do 6º Batalhão de Bombeiros Militar de Sousa (6º BBM) e ele falou sobre os cuidados que a população precisa ter ao soltar fogos de artifícios, e orientou comprar o material em locais que tenham autorização pelo corpo de bombeiros. Ele falou ainda sobre a nova lei que proíbe o uso de fogos de artifício, sinalizadores e shows pirotécnicos na Paraíba.

“A gente recomenda para os Comerciantes que vendem esses materiais se regularem com o corpo de bombeiros para que possa ser vendido da forma correta. A população que compra sempre procurar comprar nos locais que estão previamente autorizados pelo corpo de bombeiros”, destacou.

É lei

A lei 10.194, de autoria do então deputado Toinho do Sopão, foi publicada em novembro de 2013, e proibia o uso dos itens pirotécnicos em boates, bares, teatros, igrejas, auditórios e outros locais públicos e fechados. Na nova redação, além da inclusão dos eventos esportivos, também foi proibido o uso de canetas laser.

O descumprimento da lei pode acarretar na interdição do estabelecimento.

“Se for flagrado de modo irregular infelizmente vamos interditar o uso desses fogos, podendo até interditar o evento, então nós recomendamos que seja feita da forma correta, com autorização dos bombeiros para que o evento ocorra sem qualquer problema”, concluiu o tenente Arthur.

DIÁRIO DO SERTÃO

ASSISTA!

Arquitetura, urbanismo e direitos humanos marcaram último episódio da temporada do Coisas de Cajazeiras

VÍDEO

Comemorando o dia dos Direitos Humanos, professor fala sobre os avanços da data no Diversidade em Foco

SERTÃO PRESTIGIADO

VÍDEO: Com cajazeirense na vice-presidência, OAB-PB empossa os eleitos para comandar a instituição

ÁGUA

VÍDEO: Prefeito de Santa Helena inaugura barragem na comunidade São Bento e açude já acumula água