header top bar

section content

VÍDEO: Barragem ‘estoura’ e leva grande volume de água direto para açude de Boqueirão, em Cajazeiras

O Rio Piranhas, principal afluente que leva água para Boqueirão também está correndo um bom volume d’água.

Por Luzia de Sousa

26/02/2018 às 09h49

As chuvas de fevereiro têm sido intensas neste mês de fevereiro na região de Cajazeiras, Sertão da Paraíba. Com as precipitações pluviométricas acima da média, pequenos mananciais e barragens transbordaram. A expectativa agora é que os grandes reservatórios da região consigam boas recargas, a exemplo do Açude de Engenheiro Ávidos (Boqueirão).

+ VÍDEO: Após sangria de barragens, Boqueirão, Lagoa de Arroz e Coremas têm primeiras recargas do ano

Nesta segunda-feira (26), a Barragem de Zé Galdino, no Sítio Riacho da Cachoeira, em Carrapateira rompeu e começou a expulsar toda água acumulada. A água que sai desta barragem deságua em Boqueirão. Ainda não se sabe o motivo do rompimento da barragem.

A cidade de Carrapateira aparece no ranking das cidades que mais choveu no Sertão do estado. O Rio Piranhas, principal afluente que leva água para Boqueirão também está correndo um bom volume d’água.

Na semana passada, o açude de Cajazeiras já estava com recarga superior a 1 milhão de metro cúbico, porém, a situação do reservatório ainda é crítica, com pouco mais de 3% da capacidade total.

DIÁRIO DO SERTÃO

Recomendado para você pelo google

DIRETO AO PONTO

VÍDEO: Se reforma da Previdência não cortar privilégios, sociedade deve ‘gritar’ contra ela, diz padre

INFRAESTRUTURA

VÍDEO: Chuvas destroem ruas de Cajazeiras que não são pavimentadas e moradores cobram ação da Prefeitura

VETERANO DA MÚSICA

VÍDEO: Em Cajazeiras, cantor de renome nacional critica sertanejo universitário: “Virou uma baderna”

COBRA REAJUSTE DE 2018

VÍDEO: Sindicalista elogia Zé Aldemir por salário de professores, mas diz que felicidade é ‘entre aspas’