header top bar

section content

No Sertão, Conselheiro Federal avalia movimento grevista de profissionais de enfermagem

Dr Ronaldo Beserra participou e avaliou o movimento grevista dos profissionais de enfermagem na cidade de Patos, no Sertão do estado

Por Campelo - Diário do Sertão em Sousa

16/04/2018 às 12h50

O Conselheiro Federal, Dr Ronaldo Beserra em reunião com enfermeiros e técnicos

Os servidores públicos municipais da cidade de Patos, Sertão do estado, realizaram uma assembleia na sexta-feira (13), onde, reafirmaram a continuidade da greve por tempo indeterminado em virtude do Prefeito da cidade, Dinaldo Filho (PSDB) não atender nenhuma das reivindicações apresentadas pelo sindicato da categoria.

O Conselheiro Federal de Enfermagem, Dr Ronaldo Beserra foi convidado e esteve reunido juntamente SINFEMP (Sindicato dos Funcionários Públicos Municipais De Patos e Região), para avaliar o movimento grevista, que tem como objetivo, garantir uma melhor assistência de qualidade ao cidadão e principalmente, a novas condições de trabalho para enfermeiros e técnicos em enfermagem.

O Conselheiro Federal, Dr Ronaldo Beserra em reunião com enfermeiros e técnicos

Segundo Ronaldo, só com melhores condições de trabalho garantidas para a profissão de acordo com a legislação brasileira e o código de ética de enfermagem, é que o cidadão terá as melhores condições de atendimento.

O Conselheiro Federal, Dr Ronaldo Beserra em reunião com enfermeiros e técnicos

Nesta segunda-feira (16), mais uma manifestação ocorreu em frente a Prefeitura de Patos, para cobrar as melhorias de trabalho.

DIÁRIO DO SERTÃO

Recomendado para você pelo google

6ª EDIÇÃO DO EVENTO

VÍDEO: Mesa Redonda da Faculdade Santa Maria discute direitos e diversidade humana; veja como participar

VÍDEO

Chico Mendes diz que pode dividir palanque com Cleide e dispara: “Tô pronto para disputar com Paula”

EM CAJAZEIRAS

VÍDEO: Ciro diz que Ricardo ‘prejudicou-se na sucessão’, mas elogia Azevêdo: “Seria uma honra no PDT”

PREOCUPADO

VÍDEO: Na Semana dos Pobres, bispo de Cajazeiras diz que “pobreza se avoluma cada vez mais nas cidades”