header top bar

string(13) "diario-sertao"

section content

Chuvas em Patos seguem abaixo da média em 2018, confira os índices

Dessa forma, as chuvas em Patos na Embrapa seguem abaixo da média no corrente período chuvoso de 2018.

Por Campelo - Diário do Sertão em Sousa

04/05/2018 às 14h45

Chuvas em Patos foram abaixo da média esperada para o período, afirma estudioso

De acordo com a Emater, as chuvas em Patos em 2018, totalizam até o presente momento 442,2 mm, distribuídos da seguinte forma:

Janeiro: 45,4 mm

Fevereiro: 211,8 mm

Março: 55,2 mm

Abril: 127,3 mm

Maio até o dia 03/05: 2,5 mm

Os dados de precipitação pluviométrica da Emater são oficiais, e fornecidos pela Embrapa, esses mesmos dados são fornecidos à AESA (Agência Executiva de Gestão das Águas do Estado da Paraíba).

A média pluviométrica na Embrapa em maio é de apenas 60 mm

Já em junho, com o término do período chuvoso do sertão, a média cai mais ainda, sendo de apenas 24 mm

Média pluviométrica do período de janeiro a junho na Embrapa: 640 mm

Média pluviométrica anual na Embrapa: 675 mm

Dessa forma, as chuvas em Patos na Embrapa seguem abaixo da média no corrente período chuvoso de 2018.

A Embrapa e a Estação Meteorológica situada no Bairro do Jatobá, contam com o pluviômetro oficial, recomendado pela OMM (Organização Meteorológica Mundial). O citado instrumento meteorológico, comete um erro de apenas 0,05% na estimativa da chuva, sendo, portanto o que mede de forma mais correta a precipitação pluviométrica.

O pluviômetro padrão Ville de Paris, está à venda na internet, e seu preço pode variar entre 700 e 1500 reais, dependendo de seu tamanho e do material de que é confeccionado.

DIÁRIO DO SERTÃO

Tags:
VÍTIMA DA DIABETES

VÍDEO: Ameaçada de perder o segundo pé, idosa de Cajazeiras pede ajuda para adquirir sandália especial

ASSISTA

VÍDEO: ‘Mensagem de Esperança’ debate o mundo e o mal, sexo e outros temas

PARTICIPE!

VÍDEO: Gerente do Sebrae fala de revolução tecnológica em feira de Cajazeiras e convida empreendedores

PLANOS E METAS

VÍDEO: Cantor explica como pretende administrar o Atlético e declara que o problema do clube é político