header top bar

section content

VÍDEO: Mãe volta a clamar por ajuda em Cajazeiras para manter o filho vivo: “Desistir dele eu não vou”

Vítima da Neurofibromatose, doença rara e sem cura, Geziano Souza já não fica mais sentado e nem fala. Família vendeu tudo que tinha para arcar com tratamento

Por Jocivan Pinheiro

10/05/2018 às 15h07 • atualizado em 10/05/2018 às 15h11

A luta de Geziano Souza pela vida continua. Porém, seu quadro se agravou ainda mais. Vítima da Neurofibromatose, doença rara e sem cura que provoca o surgimento de dezenas de tumores pelo corpo que, gradativamente, vão prejudicando a coordenação motora e outras funções fisiológicas, Geziano já não fica mais sequer sentado e nem fala. Todas as suas necessidades são feitas na cama e ele se alimenta através de sondas.

Desde que foi diagnosticado com a doença, ele já se submeteu a 11 cirurgias em hospitais particulares. Juntamente com remédios e alimentação especial, o custo para mantê-lo vivo é muito alto. A consequência disso é a total falência da família, que vendeu tudo que tinha para arcar com as despesas. Hoje, Geziano, sua mãe dona Francisca de Souza e seu pai vivem de ajuda.

“Aqui há muito tempo ninguém sabe o que é ir no mercado fazer uma compra. Tem dia que tem alguma coisa, tem dia que não tem nada. Mas eu continuo na minha luta. Desistir dele eu não vou. Enquanto ele mexer um dedo, eu vou correr atrás. Se ele for um dia, eu vou ter minha consciência limpa que eu me dediquei”, disse chorando a mãe.

VEJA MAIS: Secretária de Saúde faz visita a jovem com doença rara em Cajazeiras e promete ajuda

Geziano não anda, não fala e vive prostrado na cama

Em julho de 2017, a então secretária de Saúde de Cajazeiras, Paula Francinete, visitou a família e se comprometeu a amenizar a situação colocando à disposição toda a assistência necessária. No entanto, segundo dona Francisca, muito do que foi prometido não foi cumprido.

A Secretaria de Saúde doou uma cama hospitalar, mas não ajudou financeiramente na última cirurgia de Geziano, feita em outubro do ano passado e que custou quase R$ 30 mil. Dona Francisca conta que ela e o marido ainda estão tentando pagar a cirurgia.

Geziano e sua mãe, dona Francisca

Sem dinheiro, ela pede um colchão para a cama de Geziano, garantia de transporte para os deslocamentos do rapaz, alimentação especial e qualquer outro tipo de ajuda para mantê-lo vivo e melhorar a situação no dia a dia da família.

“Eu quero continuar sofrendo desse jeito, mas não quero que ele vá. Enquanto eu ver ele aqui, eu estou feliz. Mas no dia que eu não ver ele mais aqui, vai perder o sentido”, disse emocionada.

Quem deseja ajudar no tratamento do jovem, pode entrar em contato com a família através dos números (83) 99141-6721 e (83) 99104-1132. Qualquer tipo de ajuda financeira pode ser depositada na CONTA POUPANÇA 36.687-0, AGÊNCIA 0099-X, VARIAÇÃO 51, Banco do Brasil, em nome de Geziano Souza Braga.

DIÁRIO DO SERTÃO

Recomendado para você pelo google

VÍDEO

Secretário de João Azevêdo defende aproximação de Dra Paula e Zé Aldemir ao Governo estadual

BRIGA NO CARNAVAL

VÍDEO: Autoridades policiais revelam que suspeitos do crime na Vila Nova em Cajazeiras alegaram vingança

SAÚDE

VÍDEO: Mensagem Empresarial recebe médico radiologista e tira dúvidas sobre os exames por imagem

CRISE NO PSB

VÍDEO: Nonato Bandeira evita dar resposta a Ricardo por determinação de João Azevêdo: “Estamos focado no trabalho”