header top bar

section content

EM DECADÊNCIA?: Ex-radialista compara as rádios de Cajazeiras a ‘relacionamento que perdeu o sabor’

Joselito Feitosa disse que concorda com o jornalista Cristiano Moura quando este declarou que o radialismo de Cajazeiras não atrai mais audiência porque está repetitivo

Por Jocivan Pinheiro

17/07/2018 às 22h33

Durante participação no Programa da Tarde, o advogado Joselito Feitosa disse que concorda plenamente com o jornalista Cristiano Moura quando este declarou que o radialismo de Cajazeiras não atrai mais audiência porque está repetitivo.

Antes de se dedicar somente ao Direito, Joselito também foi radialista. Ele e Petson Santos, presidente do Sistema de Comunicação Diário, formaram na Rádio Oeste uma dupla de sucesso que deu mais dinamismo e interatividade aos programas de rádio.

Joselito recorda desses tempos com saudade e lamenta que hoje em dia não estejam mais surgindo novos e corajosos radialistas na cidade.

“Nós tínhamos uma dinâmica diferente, não era aquela coisa engessada. Mas hoje quase não se vê nomes novos surgindo. Não sei se está faltando oportunidade, porque, diga-se de passagem, quem nos deu oportunidade foram as rádios comunitárias. Nós todos viemos das rádios comunitárias. Mas hoje elas não estão conseguindo formar mais profissionais”, disse o advogado.

VEJA TAMBÉMPara jornalista, o rádio de Cajazeiras não seduz porque está repetitivo e preguiçoso

Joselito concordou que o radialismo cajazeirense caiu na mesmice e o comparou a um relacionamento afetivo ‘sem sabor’: “Bate-se muito na mesma tecla e a coisa vai ficando nessa mesmice. É igual um relacionamento: se você deixa cair na mesmice, a coisa perde o sabor”.

DIÁRIO DO SERTÃO

DEPENOU O GALO

VEJA OS GOLS: Atlético de Cajazeiras vence o Treze de Campina e assume a liderança isolada do Paraibano

NA TELA DA TV DIÁRIO

Diário Esportivo traz tudo sobre a 2ª rodada do Paraibano; Tático narra gol da vitória do Atlético

SE CUIDE!

VÍDEO: No Janeiro Branco, Diversidade em Foco promove uma ‘Conversa sobre suicídio e como evitá-lo?’

RECONHECIMENTO

Prefeito de Sousa garante ajuda mensal ao médico cubano: “Eu irei ajudá-lo em todos os momentos”