header top bar

section content

VÍDEO: Chefe do Detran de Cajazeiras diz que construção de novo prédio vai tirar ‘mancha de atender mal’

Segundo ele, a estrutura e execução dos atendimentos são praticamente os mesmos com os quais se deparou há 10 anos quando foi diretor pela primeira vez

Por Jocivan Pinheiro

28/03/2019 às 18h06

Anunciado pelo Diário Oficial do Estado no dia 19 de janeiro como novo chefe da 6ª Ciretran (Circunscrição Regional de Trânsito) do Departamento Estadual de Trânsito do Estado da Paraíba (Detran-PB), Luiz Gonzaga de Oliveira Neto, mais conhecido como Gonzaga Delfino, tem vários desafios a enfrentar no comando do órgão até a nova sede ser inaugurada.

O que chama atenção é que, segundo ele, a estrutura e execução dos atendimentos são praticamente os mesmos com os quais se deparou há 10 anos quando foi diretor pela primeira vez, embora afirme que de lá para cá houve investimentos do Governo do Estado.

Em entrevista à TV Diário do Sertão, Gonzaga Delfino diz que todos que trabalham no órgão vivem a expectativa da conclusão da obra de construção da nova sede com mais espaço, comodidade e tecnologia. Mas enquanto isso, é preciso se desdobrar com o que tem para implantar a filosofia de humanização no atendimento.

“Quem assume cargo público, principalmente em questão de chefia e cargo que tem muita gente para ser atendida, a gente tem que ter, pelo menos, essa questão prioritária. É atender bem o usuário, é tentar de todas as formas resolver o problema. É difícil em relação à estrutura que nós temos. Mas a gente está tentando, na medida do possível, fazer essa questão de humanização, atender o melhor possível até a gente conseguir ir para o prédio novo, aí o atendeimento vai ser mais personalizado, vai ser melhor”, afirmou.

VEJA TAMBÉM: Governador muda chefia da 6ª Ciretran de Cajazeiras depois de sete anos

Sede atual da 6ª Ciretran de Cajazeiras

Gonzaga Delfino reconhece que por causa da estrutura bastante limitada para dar conta de uma demanda muito grande (Cajazeiras e mais 14 municípios), a 6ª Ciretran tem dificuldade de oferecer bom atendimento em todos os sentidos.

“O Detran sempre teve essa mancha um pouco de atender mal, até pelo volume de pessoas dentro da repartcição, e aqui a nossa repartição é pequena para a demanda do tamanho de Cajazeiras e para a região toda que é atendida aqui”.

VEJA MAIS: Construção da 6ª Ciretran avança acelerada e obra pode ser entregue em novembro

Nova sede da 6ª Ciretran sendo construída em Cajazeiras

No entanto, segundo Delfino, nos últimos 8 anos o Governo do Estado investiu na estrutura, tecnologia e praticidade das Ciretrans, a exemplo dos vários programas sociais que facilitam o atendimento aos clientes.

“A gente não vai parar com esses projetos, e a prioridade é a gente cumprir eles e fazer novos projetos. Cada vez mais o Detran está se informatizando, está evoluindo e esse é um governo de metas, tem metas para os próximos dois anos. A tendência é informatizar o máximo possível para facilitar a vida do usuário”, finalizou.

DIÁRIO DO SERTÃO

Recomendado para você pelo google

QUER MAIS SEGURANÇA

VÍDEO: Cantor da região de Cajazeiras diz que consumo de drogas nas festas dificulta fechar contrato

SAÚDE & BEM-ESTAR

VÍDEO: Em Cajazeiras, médica explica o que é ‘prato colorido’ para quem quer perder peso com saúde

BOMBA

VÍDEO: Jornalista cajazeirense mira nos ‘Bocas Loucas’ da política paraibana

ESPECIAL DE PÁSCOA

VÍDEO: TVDS exibe programa ‘Mensagem de Fé com Frei João Batista’ em especial de Semana Santa