header top bar

section content

“CHICOTADA E TCHAU”: Prestadores de serviços são ameaçados após cobrar pagamento em Sousa

Um boneco com uma vasilha e um copo vazios foram colocados no local para simbolizar uma criança com fome.

Por Luzia de Sousa

14/08/2019 às 11h12

Prestadores de serviço fecharam nessa terça-feira (13) a porta do Colégio Sinhá Gadelha, localizada no Bairro André Gadelha, em Sousa, na tentativa de receber pelo trabalho de reforma realizado no local.

Três prestadores de serviços que aparecem em vídeo divulgado nas redes sociais contaram que foram dispensados e não receberam pelo trabalho realizado. “Estão só enrolando. Todo dia mandam vir e nada”. Outro prestador disse que foi ameaçado por cobrar pelo serviço prestado.

Um boneco com uma vasilha e um copo vazios foram colocados no local para simbolizar uma criança com fome.

O que ocorreu
Segundo o radialista Levi Dantas, seis prestadores de serviços paralisaram a obra de reforma no colégio por falta de pagamento, e o encarregado da obra contratou novos trabalhadores sem pagar a equipe que estava prestando serviço. “Aqui é chicotada e tchau”. Disse o radialista

Denúncia foi feita nessa sexta-feira (13), na cidade de Sousa

Levi contou que eles prestaram serviço a uma empresa contratada pela prefeitura, e o encarregado teria se comprometido em pagar ainda nessa terça-feira, alegando falta de repasse da prefeitura.

DIÁRIO DO SERTÃO

Tags:

Recomendado para você pelo google

FICOU PRESO ÀS FERRAGENS

PRF conta detalhes do acidente que vitimou vendedor da Região de Cajazeiras e deixou mulher ferida

VÍDEO

Aliado do governador bate de frente com presidente da CDL e garante funcionamento do IPC em Cajazeiras

NOVOS RUMOS

VÍDEO: Em Patos, assembleia da Paraíba debate sustentabilidade e desenvolvimento regional no Sertão

SUCESSO

VÍDEO: Mensagem Empresarial mostra história de um dos maiores empresários e empreendedores de Cajazeiras