header top bar

section content

VÍDEO: Mais um grande incêndio no lixão de Cajazeiras aterroriza catadores e dá trabalho aos bombeiros

Em menos de dois meses, esse é o segundo incêndio registrado no lixão da cidade. TV Diário do Sertão foi até o local e constatou que ainda existe focos de incêndio

Por Jocivan Pinheiro

09/09/2019 às 14h50 • atualizado em 09/09/2019 às 14h53

Sábado, 7 de setembro. Por volta das 19h, bombeiros trabalham arduamente na tentativa de controlar as chamas de mais um incêndio no lixão de Cajazeiras.

Apesar dos esforços, a proporção das chamas só aumenta. Um catador de material reciclável registrou com um celular o desespero de quem vive no local. “Pra você ver como a gente passa perigo”, alertou.

Em menos de dois meses esse é o segundo incêndio registrado no lixão de Cajazeiras. Na manhã desta segunda-feira (09), a TV Diário do Sertão foi ao lixão, localizado no sítio Capoeiras Sul, e constatou que ainda existem focos de incêndio.

“Muitos ficam catando latinhas no meio, mas prejudica a saúde, e fica ruim quando o lixo está pegando fogo, principalmente para nós que trabalhamos aqui”, disse o catador Cristiano Silva.

VEJA TAMBÉM

Secretária revela que prefeitura poderá instalar um aterro sanitário privado em Cajazeiras

Em documentário, Xeque-Mate mostra realidade de famílias que moram no Lixão de Cajazeiras

Catadores arriscam a vida no lixão ainda com sinais de fogo

A Secretaria de Infraestrutura de Cajazeiras realizou uma intervenção no lixão, mas o secretário Zé Filho disse que ainda não dá para saber como ocorrem os incêndios.

“Tem algumas informações. Mas como isso merece uma apuração, ninguém pode ter garantia sobre isso. Paralelo a isso, a gente está tomando as providências. Hoje eu vou pessoalmente ao lixão para ver como a gente pode ter uma conduta”.

Lixão ainda apresentava focos de incêndio nesta segunda-feira (09)

De acordo com o secretário, a solução é um novo aterro sanitário, pois diariamente cerca de 10 caminhões compactadores despejam materiais no local.

“Esse problema não é local, é nacional. Já teve vários prazos para acabar com esse problema do lixo no Brasil e ainda não foram cumpridos esses prazos. Mas a tendência é que, a curto prazo, sejam resolvidas essas questões”.

Fumaça dos incêndios tem causado problemas de saúde na população

Redação DIÁRIO DO SERTÃO

Recomendado para você pelo google

VÍDEO

No Sertão, Ricardo Coutinho rebate presidente da assembleia e manda recado duro para governador da PB

SAÚDE PÚBLICA

VÍDEO: Mensagem Empresarial recebe especialista em saúde pública e fala de práticas integrativas do SUS

DESCONTRAÇÃO

VÍDEO: Sucesso na internet, Gleyfy Brauly e MC Nem animam o programa Xeque Mate dessa semana

ENTREVISTA EXCLUSIVA

VÍDEO: Ricardo diz que sabia de ‘inimigos’ no governo, diz que PSB estava acomodado e alerta Azevêdo