header top bar

section content

VÍDEO: Mais um grande incêndio no lixão de Cajazeiras aterroriza catadores e dá trabalho aos bombeiros

Em menos de dois meses, esse é o segundo incêndio registrado no lixão da cidade. TV Diário do Sertão foi até o local e constatou que ainda existe focos de incêndio

Por Jocivan Pinheiro

09/09/2019 às 14h50 • atualizado em 09/09/2019 às 14h53

Sábado, 7 de setembro. Por volta das 19h, bombeiros trabalham arduamente na tentativa de controlar as chamas de mais um incêndio no lixão de Cajazeiras.

Apesar dos esforços, a proporção das chamas só aumenta. Um catador de material reciclável registrou com um celular o desespero de quem vive no local. “Pra você ver como a gente passa perigo”, alertou.

Em menos de dois meses esse é o segundo incêndio registrado no lixão de Cajazeiras. Na manhã desta segunda-feira (09), a TV Diário do Sertão foi ao lixão, localizado no sítio Capoeiras Sul, e constatou que ainda existem focos de incêndio.

“Muitos ficam catando latinhas no meio, mas prejudica a saúde, e fica ruim quando o lixo está pegando fogo, principalmente para nós que trabalhamos aqui”, disse o catador Cristiano Silva.

VEJA TAMBÉM

Secretária revela que prefeitura poderá instalar um aterro sanitário privado em Cajazeiras

Em documentário, Xeque-Mate mostra realidade de famílias que moram no Lixão de Cajazeiras

Catadores arriscam a vida no lixão ainda com sinais de fogo

A Secretaria de Infraestrutura de Cajazeiras realizou uma intervenção no lixão, mas o secretário Zé Filho disse que ainda não dá para saber como ocorrem os incêndios.

“Tem algumas informações. Mas como isso merece uma apuração, ninguém pode ter garantia sobre isso. Paralelo a isso, a gente está tomando as providências. Hoje eu vou pessoalmente ao lixão para ver como a gente pode ter uma conduta”.

Lixão ainda apresentava focos de incêndio nesta segunda-feira (09)

De acordo com o secretário, a solução é um novo aterro sanitário, pois diariamente cerca de 10 caminhões compactadores despejam materiais no local.

“Esse problema não é local, é nacional. Já teve vários prazos para acabar com esse problema do lixo no Brasil e ainda não foram cumpridos esses prazos. Mas a tendência é que, a curto prazo, sejam resolvidas essas questões”.

Fumaça dos incêndios tem causado problemas de saúde na população

Redação DIÁRIO DO SERTÃO

Recomendado para você pelo google

VIOLÊNCIA SEM PARAR

VÍDEO: Jovem é morto com vários tiros e mulher fica ferida após ser vítima de bala perdida em Cajazeiras

TRAGÉDIA

VÍDEO: Comandante da PM lamenta morte de vereador e diz que assassinos são conhecidos no crime

VÍDEO

Padre convoca população para manifesto pelo Parque de Exposições na visita do governador a Cajazeiras

VÍDEO

Jornalista ‘aposta’ em união de João Azevêdo e Cartaxo para derrotar Ricardo Coutinho em JP