header top bar

section content

VÍDEO: Em Cajazeiras, vice-presidente da OAB defende a Lei de Abuso de Autoridade: “É constitucional”

Luiz Viana diz que a lei "dá equilíbrio e garante a defesa do cidadão perante a acusação do Estado"

Por Jocivan Pinheiro

10/10/2019 às 16h38 • atualizado em 10/10/2019 às 16h42

Em entrevista à TV Diário do Sertão após a abertura do III Encontro Nacional da Advocacia do Sertão, na cidade de Cajazeiras, Sertão paraibano, o vice-presidente da OAB Nacional, Luiz Viana, defendeu a constitucionalidade da Lei de Abuso de Autoridade, um dos temas jurídicos mais polêmicos do momento.

Luiz Viana fala que é natural os juristas recorrerem ao Supremo Tribunal Federal quando consideram uma lei inconstitucional. Mas, segundo ele, a Lei de Abuso de Autoridade é constitucional e será aprovada.

“É natural, num estado democrático de direito como o nosso, que aqueles que consideram leis inconstitucionais procurem o Supremo Tribunal Federal. Portanto, eu vejo com muita tranquilidade que parte da magistratura nacional tenha ido ao Supremo Tribunal Federal questionar a Lei de Abuso de Autoridade. Da mesma forma tenho muita tranquilidade de que aquela lei é constitucional”, disse.

O vice-presidente da OAB Nacional defende a Lei de Abuso de Autoridade porque “dá equilíbrio e garante a defesa do cidadão perante a acusação do Estado. Então, eu tenho certeza que nós vamos conseguir a vitória”.

VEJA TAMBÉM

OAB realiza cerimônia de abertura do III Encontro Nacional da Advocacia do Sertão, em Cajazeiras

Redação DIÁRIO DO SERTÃO

Recomendado para você pelo google

VÍDEO

Governador rebate declaração de Gervásio Maia: “É mentira. A Cagepa vai continuar uma empresa pública”

ESPORTE E EDUCAÇÃO

VÍDEO: Colégio Nossa Senhora do Carmo, em Cajazeiras, encerra o ano letivo 2019 com Olimpíadas Internas

ORÇAMENTO DEMOCRÁTICO

VÍDEO: Conselheiros do OD se confraternizam em Cajazeiras e já iniciam debates sobre as ações para 2020

EDUCAÇÃO E EMPREGO

VÍDEO: Mensagem Empresarial recebe coordenadora e estudantes do Núcleo de Empregabilidade da FSM