header top bar

section content

Primeira-dama da PB participa de evento de combate às drogas em Sousa. Veja vídeo!

A jornalista Pâmela Bório falou da importância da campanha de combate as drogas na cidade de Sousa. Confira os detalhes aqui

Por

20/09/2014 às 09h53

Mais de mil alunos da Escola Estadual de Ensino Médio Mestre Júlio Sarmento (Poli II) em Sousa, participaram da festa de encerramento da campanha de combate às drogas do projeto “Sim à vida, não às drogas” na noite da última sexta-feira (19). A palestrante do evento foi a jornalista e primeira-dama da Paraíba, Pâmela Bório.

Professores e alunos recepcionaram Pâmela e depois posaram para fotos ao lado da jornalista. A primeira-dama também foi recepcionada por policiais do Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência (PROERD).

A abertura do evento foi realizada pela diretora da Escola, Fátima Freitas. Em seguida, a diretora da 10ª Gerência de Ensino, Socorro Antunes, também discursou juntamente com os demais integrantes do projeto.

 

Em entrevista ao portal Diário do Sertão, Pâmela Bório falou da importância da campanha de combate as drogas na cidade de Sousa, revelou também que o poder público ainda tem muitas limitações e não está preparado para combater as drogas.

“Dentro do poder público são muitas limitações. A droga é um problema que está relacionado diretamente com a violência, não podemos cobrar diretamente do poder público, é preciso que a população faça seu papel que é de saber os riscos do uso da droga”, disse Pâmela Bório.

Veja vídeo!

?DIÁRIO DO SERTÃO

Tags:

Recomendado para você pelo google

AGRESSÃO AO MEIO AMBIENTE

VÍDEO: Após lutar contra fogo em serra, padre faz alerta sobre queimadas ‘criminosas’ em Cajazeiras

COMBATE AO CÂNCER DE MAMA

VÍDEO: Prefeitura de Cajazeiras abre campanha Outubro Rosa com entrega de mamógrafo para a população

ECONOMIA

VÍDEO: Mensagem Empresarial recebe empresário José Kennedy e debate sobre o setor calçadista no Brasil

JUSTIÇA

VÍDEO: Xeque Mate promove debate entre promotor e advogado sobre nova lei de abuso de autoridade