header top bar

section content

NÃO RESISTIU! Vigilante atingido durante troca de tiros com PM morre no hospital de Cajazeiras; Estava internado há quase 1 mês

Segundo o Hospital Regional de Cajazeiras, o corpo de Cícero foi encaminhado ao IML de patos para exame cadavérico.

Por Luzia de Sousa

16/03/2017 às 14h09 • atualizado em 16/03/2017 às 14h21

O tiroteio foi registrado no centro da cidade de Cajazeiras (Foto: Ângelo Lima)

O vigilante Cícero da Silva Damascena, 38 anos foi á óbito por volta de 00h15min desta quinta-feira (16) no Hospital Regional de Cajazeiras.

Tiroteio deixa policial militar de Cajazeiras e vigilante feridos em Praça Pública. FOTOS!

+ Vigilante passa por cirurgia após ficar ferido em troca de tiros com PM em Cajazeiras. Entenda!

Ele foi atingido em uma troca de tiros com um policial militar no último dia 20 de fevereiro na Praça Coronel Matos, Centro da cidade, na “Feira da Fruta”, como é mais conhecida em Cajazeiras.

No mesmo dia o vigilante foi submetido a cirurgia e após 25 dias de internação, não resistiu e foi a óbito. Segundo o HRC, o corpo de Cícero foi encaminhado ao IML de patos para exame cadavérico.

O PM também saiu ferido no tiroteio, foi hospitalizado e liberado no mesmo dia do ocorrido.

Entenda
Um policial militar, do Grupo de Inteligência do 6º Batalhão de Cajazeiras foi ferido em uma troca de tiros com um suposto vigilante, por volta das 02h50min desta segunda-feira (20). O fato ocorreu na Praça Coronel Matos, Centro da cidade, na “Feira da Fruta”, como é mais conhecida em Cajazeiras.

DIÁRIO DO SERTÃO

Recomendado para você pelo google

VÍDEO

Governador João Azevêdo fala sobre o afastamento político com Ricardo Coutinho e mudanças no Governo

TRAGÉDIA

VÍDEO E FOTOS: Delegado dá detalhes do grave acidente próximo a parque de vaquejada em Cajazeiras

ESPERANÇA

VÍDEO: Presidente da OAB declara que luta pela permanência da Vara do Trabalho de Cajazeiras não acabou

ENTREVISTA

VÍDEO EXCLUSIVO: Governador anuncia obras no Sertão, esclarece polêmicas e fala de relação com Ricardo