header top bar

section content

Em Sousa: adolescente que jogou o filho de três meses no chão é internada em CAPS; bebê recebeu alta

A mãe da criança é uma adolescente de 16 anos que segundo familiares é portadora de problema psiquiátrico. Ela teria jogado a criança contra o chão

Por Campelo - Diário do Sertão em Sousa

30/12/2017 às 09h54 • atualizado em 30/12/2017 às 09h55

Adolescente teria jogado o bebê no chão (foto: arquivo/familiar)

O bebê de apenas três meses de vida que foi agredido pela própria mãe, recebeu alta do Hospital de Trauma de Campina Grande nesta quinta-feira (28) após passar 10 dias internado e está sob os cuidados da avó materna. O caso foi registrado no dia 18 de dezembro deste ano na cidade de Sousa.

A mãe da criança é uma adolescente de 16 anos que segundo familiares é portadora de problema psiquiátrico. Ela teria jogado a criança violentamente contra o chão e o bebê sofreu uma forte pancada na cabeça. Os bombeiros socorreram a menina que foi encaminhada ao Hospital Regional de Sousa (HRS) e em seguida transferida para o Hospital de Trauma de Campina Grande.

Dias depois do ocorrido, a mãe da criança foi encaminhada para o Centro de Atenção Psicossocial (CAPS) em João Pessoa onde está passando por um tratamento.

Veja também: bombeiro fala do atendimento ao bebê que sofreu TCE após ser espancado pela mãe 

Relembre o caso
O bombeiro militar, Augusto Claudino prestou entrevista ao Diário do Sertão e falou sobre a ocorrência envolvendo um bebê de apenas três meses de vida que foi agredido pela própria mãe na noite desta segunda-feira (18) na cidade de Sousa.

Após receber atendimento, o bebê foi encaminhado ao Hospital Regional de Sousa, onde foi diagnosticado com traumatismo craniano. A mãe do bebê é uma adolescente de 16 anos, e é a principal suspeita de ter espancado a criança, já que quando estava grávida, a jovem teria tentado contra a vida da pequena com uma faca.

DIÁRIO DO SERTÃO

ESPECULAÇÃO DE ADESÃO

VÍDEO: Dra. Paula faz ‘afago’ em Azevêdo e diz que ele não fará ‘oposição raivosa como a de Cajazeiras’

DIÁRIO ESPORTIVO

VÍDEO: Na TV, dirigentes do Atlético de Cajazeiras explicam contratações fechadas e outras que ‘melaram’

NOVAS CRÍTICAS

VÍDEO: Para líder católico de Cajazeiras, o Nordeste será “um recanto esquecido” por Bolsonaro

CLIMA DE EMOÇÃO

VÍDEO: Amigos e familiares destacam o legado de Dr. Toinho durante velório do advogado em Cajazeiras