header top bar

section content

Divulgado vídeo do local onde corpo de jovem foi encontrado em rodovia de Cajazeiras

De acordo com a Polícia Militar, trata-se de um homicídio ocorrido no Sítio Serra da Arara.

Por Luzia de Sousa

08/05/2018 às 17h01 • atualizado em 08/05/2018 às 17h15

Um vídeo gravado de celular divulgado nas redes sociais e aplicativos de mensagens instantâneas mostra o corpo de um jovem às margens da PB 393, que liga as cidades de Cajazeiras e São João do Rio do Peixe.

VEJA TAMBÉM:

+ Corpo de jovem é encontrado em rodovia entre São João do Rio do Peixe e Cajazeiras

+ Na delegacia, assaltante posa para foto ‘fazendo graça’ após ser dominado por vítimas em tentativa de assalto em Cajazeiras

Segundo a Polícia Civil, a vítima foi identificada por Francisco das Chagas Pereira Melo Júnior, mais conhecido por Junhim do Grude, 20 anos. Ele foi preso em junho do ano passado após tentar roubar celulares de jovens que estavam na Praça da Matriz Nossa Senhora de Fátima.

O local foi isolado pela PM e após a perícia, o corpo foi recolhido pelo carro do GEMOL sendo levado para o IML de Patos.

Entenda
De acordo com a Polícia Militar, trata-se de um homicídio ocorrido no Sítio Serra da Arara. O jovem teria sido atingido com um tiro quando seguia na rodovia em uma motocicleta. O veículo também não foi encontrado no local.

Vítima foi encontrado morto na PB 393

A polícia também não sabe informações sobre a autoria do crime e realiza diligências. Samu e Corpo de Bombeiros foram acionados, mas o jovem já estava em óbito, segundo a PM.

Jovem foi encontrado às margens da rodovia PB 393

DIÁRIO DO SERTÃO

OS CIRENEUS DO CAMINHO

VÍDEO: Programa Mensagem de Esperança reflete sobre imunização espiritual e como lidar com adversários

'MENSAGEM DE FÉ'

VÍDEO: Padre apresenta programa especial na TV sobre a tradicional Festa de Dom Bosco em Cajazeiras

'OPINIÃO DO CIDADÃO'

VÍDEO: Em Cajazeiras, presidente da OAB-PB diz ser contra posse de arma: “Índices de mortes aumentam”

PROPRIEDADES EMBARGADAS

VÍDEO: Impedidos de plantar, agricultores de Cajazeiras acusam IBAMA de excessos na aplicação de multas