header top bar

section content

2018: Cai números de homicídios registrados em Cajazeiras; grande maioria tem suspeitos conhecidos

A sensação de insegurança e crescente violência nos municípios brasileiros tem sido comuns nos últimos anos.

Por Luzia de Sousa

29/12/2018 às 12h20 • atualizado em 04/01/2019 às 21h42

Delegado seccional de Cajazeiras, Glauber Fontes

A sensação de insegurança e crescente violência nos municípios brasileiros tem sido comuns nos últimos anos. Autoridades policiais apontam o tráfico e consumo de drogas como principais fatores geradores de crimes na sociedade atual.

+ EXCLUSIVO: Delegada diz que aumento de homicídios em Cajazeiras não representa insegurança à sociedade

Os crimes violentos tem sido cada vez faz mais comuns nos municípios. A cidade de Cajazeiras, Sertão da Paraíba é não é diferente dessa realidade, e registrou este ano 16 homicídios no período de 1º de janeiro a 28 de dezembro. A informação é da 20ª Delegacia Seccional da Polícia Civil no Alto Sertão da Paraíba, que tem a frente o delegado Glauber Fontes.

À redação do Diário do Sertão o delegado informou que dessas 16 mortes, 12 delas, o que representa 75%, os inquéritos policiais identificaram os suspeitos dos crimes e apenas 4 delas, o que representa 25%, a autoria é desconhecida.

Se comparados com o número de homicídios registrados na Terra do Padre Rolim no ano passado, houve redução de apenas 1 crime. Em 2017, foram registrado 17 crimes de morte, e em 2016 foram contabilizados 13 homicídios.

DIÁRIO DO SERTÃO

DEPENOU O GALO

VEJA OS GOLS: Atlético de Cajazeiras vence o Treze de Campina e assume a liderança isolada do Paraibano

NA TELA DA TV DIÁRIO

Diário Esportivo traz tudo sobre a 2ª rodada do Paraibano; Tático narra gol da vitória do Atlético

SE CUIDE!

VÍDEO: No Janeiro Branco, Diversidade em Foco promove uma ‘Conversa sobre suicídio e como evitá-lo?’

RECONHECIMENTO

Prefeito de Sousa garante ajuda mensal ao médico cubano: “Eu irei ajudá-lo em todos os momentos”