header top bar

section content

Dra Paula se diz contra o “Pente Fino” do INSS, critica Chico Mendes e se lança pré-candidata a prefeita

Ela se reportou ao salário do prefeito de São José de Piranhas, Chico Mendes (PSB), que teria o maior salário do estado.

Por Luzia de Sousa

04/06/2019 às 14h10 • atualizado em 04/06/2019 às 14h18

Após acidente, a deputada estadual Paula Francinete (Dra Paula – PP) está voltando aos trabalhos na Assembleia Legislativa da Paraíba. De acordo com a parlamentar, devido a queda teve uma fratura nasal, mas já está recuperada.

Dra Paula agradeceu a população pelo apoio e disse: “Estamos bem e estamos de volta”.

VEJA TAMBÉM: Deputada Dra. Paula sofre acidente e é encaminhada para Hospital da Unimed em João Pessoa

Pente Fino
Sobre a aprovação no Senado, que autoriza um “Pente Fino” nos benefícios do INSS, a deputada disse representar uma indignação.

“Eu como médica perita sei o que é o ‘Pente Fino’ que eles vão cortar. Cortar beneficiários de um salário mínimo é isto que eles querem?”, indagou a deputada.

Dra Paula defendeu que o corte seja para quem ganha altos salários. “Vamos começar pelo Senado? Vamos cortar salários de deputados”. Sugeriu a parlamentar.

Drª Paula Francinete, deputada estadual da Paraíba

Salário
Ela se reportou ao salário do prefeito de São José de Piranhas, Chico Mendes (PSB), que teria o maior salário do estado.

“Por esta razão sou pré-candidata a prefeita de São José de Piranhas, e a primeira coisa que vou fazer é cortar o salário de prefeito”, anunciou Dra Paula

DIÁRIO DO SERTÃO

Recomendado para você pelo google

EM CAJAZEIRAS

VÍDEO: Ciro diz que Ricardo ‘prejudicou-se na sucessão’, mas elogia Azevêdo: “Seria uma honra no PDT”

PREOCUPADO

VÍDEO: Na Semana dos Pobres, bispo de Cajazeiras diz que “pobreza se avoluma cada vez mais nas cidades”

A OBRA PAROU?

Ex-vereador denuncia que terminal rodoviário de Sousa está abandonado: “Prefeito Tyrone não está nem aí”

PROJETO DE LEI

VÍDEO: Comentarista diz que críticas ao leilão de imóveis da Prefeitura de Cajazeiras é ‘politicagem’