header top bar

section content

Delegado revela que jovens foram mortas por engano por conta de dívidas de drogas no valor de R$ 100

A polícia civil realizou investigações e conseguiu prender um suspeito do duplo assassinato na cidade de Catolé do Rocha

Por Campelo Sousa

10/01/2020 às 12h49 • atualizado em 10/01/2020 às 13h05

O delegado seccional Sylvio Rabello prestou entrevista ao Diário do Sertão nesta sexta-feira (10), e revelou a motivação do crime ocorrido na praça Sérgio Maia, centro da cidade de Catolé do Rocha na terça-feira (07) que resultou na morte das vítimas Maria Clara Rodrigues, de 18 anos, e Adriana da Silva Gomes, de 20 anos, e deixou ferido o jovem Renan da Silva Gomes.

O crime
De acordo com informações da polícia civil, as vítimas estavam lanchando na praça Sérgio Maia, próximo à prefeitura, quando uma dupla de moto se aproximou e efetuou vários disparos de arma de fogo. Maria e Adriana morreram no local e Renan foi socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) ao Hospital Regional de Catolé do Rocha.

A polícia civil realizou investigações e conseguiu prender um suspeito do duplo assassinato. Segundo o delegado, o alvo dos criminosos era um homem que conseguiu fugir, já as mulheres foram alvejadas por engano.

Veja mais:
Duas mulheres são mortas a tiros em praça pública no Centro de Catolé do Rocha; um rapaz ficou ferido

Segundo a polícia civil, as jovens foram mortas por engano

“O alvo principal era um homem marido de uma das vítimas, mas ele notou algo estranho e correu. As duas mulheres ficaram para trás e foram alvejadas, uma com um tiro na nuca e outra com dois tiros nas costas e faleceram no local”, disse Sylvio Rabello.

O delegado revelou ainda que o crime ocorreu por conta de uma dívida de drogas no valor de R$ 100:

Sylvio Rabello, delegado seccional

“As investigações estão adiantadas, um acusado se encontra preso no presídio de Catolé do Rocha, estamos na busca do segundo envolvido nesse caso que ocorreu por conta de dívidas de drogas de apenas R$ 100, o inquérito está instaurado e autoria já está definida e a polícia civil está fazendo o papel dela”, concluiu o delegado.

DIÁRIO DO SERTÃO

Recomendado para você pelo google

PROBLEMA SOCIAL

VÍDEO: Conselho Tutelar notifica pais por causa de crianças pedindo nos semáforos de Cajazeiras

OPÇÃO RELIGIOSA

VÍDEO: Retiro de Carnaval de Pombal anuncia programação da 35° edição com atrações a nível nacional

CAMPEONATO PARAIBANO

VÍDEO: Wesley, Éder Paulista e o técnico Ederson Araújo aprovam estreia do Atlético e elogiam a torcida

FALTA DE COMODIDADE

Professora cobra fiscalização na ocupação de calçadas por comerciantes que interfere a mobilidade urbana