header top bar

section content

VÍDEO: Comandante da PM de Cajazeiras orienta população a não ‘alimentar cadeia’ de roubo de celulares

Major Terceiro pede para ter cuidado na hora de comprar um celular de segunda mão, pois ele pode ser usado e isso incide no crime de receptação

Por Jocivan Pinheiro

11/01/2020 às 15h58 • atualizado em 11/01/2020 às 16h01

Um dos tipos de furtos mais comuns atualmente no Brasil é o de celulares. No Sertão da Paraíba essa prática criminosa é cotidiana. Mas por que é tão difícil combatê-la?

De acordo com o comandante da Polícia Militar de Cajazeiras, Major Terceiro, combater esse crime não é papel só da polícia. Segundo ele, as ações ostensivas do policiamento nas ruas ocorrem com frequência e bons resultados. Mas os criminosos não ficam presos por muito tempo.

“A solução não passa só pela polícia. A polícia é a primeira porta que se bate. A polícia está nas ruas e faz o seu papel”, disse o comandante, que deu um exemplo recente em que o mesmo jovem foi preso duas vezes em duas semanas por furto de celular.

VEJA TAMBÉM

Comandante da PM de Cajazeiras diz que furto de carro em test drive surpreendeu e foi inusitado

Major Terceiro orienta a população a ter cuidado na hora de comprar um celular de segunda mão, pois ele pode ser roubado e isso incide no crime de receptação.

“Desconfie dessa situação. Pessoa de bem não faz esse tipo de coisa para não alimentar a cadeia. Não só com celular, mas qualquer outro objeto”.

Redação DIÁRIO DO SERTÃO

ENTREVISTA

VÍDEO: Denise critica política de Zé Aldemir com moradores de rua e apresenta propostas

ILEGALIDADE EM CONVENÇÃO

VÍDEO: Sete candidatos a vereador de cidade na região de Pombal são multados pela Justiça Eleitoral

HABITAÇÃO

VÍDEO: Zé Aldemir fala sobre a entrega de 300 novos apartamentos

ELEIÇÕES NO SERTÃO

VÍDEO: Campanhas eleitorais se acirram nas dez cidades da região de Catolé do Rocha, mostra jornalista

Recomendado pelo Google:
error: Alerta: Conteudo Protegido !!