header top bar

section content

VÍDEO EXCLUSIVO: Secretários de Cajazeiras são intimados a depor sobre supostas irregularidades na Saúde

Quatro auxiliares da Prefeitura de Cajazeiras foram intimados a depor na Delegacia Especializada de Combate à Corrupção após a Polícia Civil receber uma denúncia

Por Jocivan Pinheiro

12/11/2020 às 19h26 • atualizado em 12/11/2020 às 19h31

Quatro auxiliares da Prefeitura de Cajazeiras foram intimados a depor na Delegacia Especializada de Combate à Corrupção (DECCOR) em João Pessoa após a Polícia Civil receber uma denúncia de supostas irregularidades na Secretaria de Saúde do município.

A secretária de Saúde Francimones Rolim de Albuquerque e o secretário da Fazenda Pública Laesso Antônio de Souza Abreu foram intimados a depor no último dia 10. Já a diretora da Policlínica, Andrea Albuquerque dos Anjos Maciel, e a diretora de Regulação da Secretaria de Saúde, Sara Sheyla Santana Alves, foram intimadas a depor no dia seguinte, dia 11. Porém, segundo o delegado Allan Murilo Barbosa Terruél, nenhum dos quatro compareceram à delegacia nas respectivas datas.

No programa Olho Vivo da TV Diário do Sertão, o delegado explicou que, compreendendo o momento atribulado das eleições, ele resolveu adiar as intimações para o próximo dia 18. Caso os auxiliares novamente não compareçam, medidas punitivas podem ser tomadas.

O delegado não deu maiores detalhes sobre quais seriam as supostas irregularidades denunciadas pela pessoa, apenas informou que elas estão relacionadas ao funcionamento do sistema de saúde de Cajazeiras e outras cidades da região.

VEJA TAMBÉM

Denise nega envolvimento na Operação Andaime e cita obra suspeita da atual gestão na Vila Nova

.

Intimação da DECCOR para depoimentos dos auxiliares da Prefeitura de Cajazeiras

Ainda de acordo com o delegado, a investigação já tem documentos que podem ser considerados elementos probatórios dos supostos crimes. Após colher os depoimentos dos auxiliares e analisar as devidas responsabilidades de função, ele decidirá se o caso será encaminhado para o Tribunal de Justiça da Paraíba (TJPB) ou para o Ministério Público Federal (MPF).

O apresentador do programa Olho Vivo, José Dias Neto, tentou entrar em contato com os auxiliares intimados a depor, mas três deles não atenderam às ligações e um atendeu (Laesso Antônio de Souza Abreu), mas desligou após o apresentador se identificar.

DIÁRIO DO SERTÃO

DETONOU

VÍDEO: Advogado repudia vice-presidente Mourão após afirmação de que não existe racismo no Brasil

'NUNCA FIZ MAL A NINGUÉM'

VÍDEO: Médico e enfermeiro derrotado nas eleições em Ipaumirim-CE crítica oposição e faz desabafo

ALEGRIA DO SERTANEJO

VÍDEO: Rios transbordam após chuva de 110 milímetros em cidade da região de Princesa Isabel

VAMOS AJUDAR

VÍDEO: Com câncer raro, cearense faz apelo para conseguir dinheiro para cirurgia: “Entrego a Deus”

Recomendado pelo Google:
error: Alerta: Conteudo Protegido !!