header top bar

section content

Cajazeirense ganha medalha na Câmara e diz que a política deve ser ‘higienizada’ – VÍDEO!

O desembargador Siro Darlan, que atua há vários anos no TJRJ, veio à sua terra-natal receber a Medalha Deputado João Bosco Braga Barreto

Por Jocivan Pinheiro

26/08/2016 às 14h22 • atualizado em 26/08/2016 às 14h23

O desembargador cajazeirense Siro Darlan, que atua há vários anos no Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, veio à sua terra-natal para receber, na manhã dessa sexta-feira (26), a Medalha Deputado João Bosco Braga Barreto, que é a maior homenagem legislativa da cidade.

Desembargador Siro Darlan

Desembargador Siro Darlan

A honraria foi uma propositura do vereador Alysson Américo de Oliveira (Alysson Voz e Violao). Antes, ele já havia sido agraciado pela Assembleia Legislativa do Estado com a Medalha Presidente Epitácio Pessoa, propositura do deputado cajazeirense Jeová Campos.

“É uma medalha que aumenta minha responsabilidade, porque [João Bosco Braga Barreto] foi um homem aguerrido, um homem que bem representou a força do cidadão sertanejo. Com muita humildade, mas com muito orgulho estou recebendo essas homenagens do povo da Paraíba e, sobretudo, do meu povo querido de Cajazeiras”, agradeceu o desembargador.

VEJA TAMBÉM

» Em Cajazeiras, desembargador do RJ diz que impeachment de Dilma é golpe

» FASP encerra simpósio de educação com palestra de jurista do Rio de Janeiro

Na ocasião, Siro Darlan falou à TV Diário do Sertão sobre o atual momento político do país. Ele confessou estar apreensivo e triste com o afastamento da presidenta Dilma Rousseff – manobra essa que ele considera um golpe institucional – e declarou que essa crise política mostra que a democracia no Brasil ainda não amadureceu.

“Eu vejo com muita apreensão e muita tristeza, porque isso demonstra que nossa democracia ainda não está totalmente amadurecida. Aquela pessoa que ocupa cargo público por vontade popular deve exercê-lo até o final do mandato.”

No entanto, o desembargador cajazeirense acredita que a democracia vai sair mais amadurecida dessa crise e o povo mais consciente. “Virão as próximas eleições e o povo, cada vez mais consciente, vai poder escolher quem melhor represente os anseios do país”.

Siro Darlan declarou ainda que a política brasileira precisa ser ‘higienizada’. “Toda crise serve para amadurecer, e eu espero que nós saiamos mais fortes dessa crise e que possamos higienizar o campo político.”

Siro Darlan ao lado da esposa e do ex-prefeito de Cajazeiras, Carlos Antônio. À direita, o deputado Jeová Campos

Siro Darlan ao lado da esposa e do ex-prefeito de Cajazeiras, Carlos Antônio. À direita, o deputado Jeová Campos

DIÁRIO DO SERTÃO

Recomendado para você pelo google

EM CAJAZEIRAS

VÍDEO: Ciro diz que Ricardo ‘prejudicou-se na sucessão’, mas elogia Azevêdo: “Seria uma honra no PDT”

PREOCUPADO

VÍDEO: Na Semana dos Pobres, bispo de Cajazeiras diz que “pobreza se avoluma cada vez mais nas cidades”

A OBRA PAROU?

Ex-vereador denuncia que terminal rodoviário de Sousa está abandonado: “Prefeito Tyrone não está nem aí”

PROJETO DE LEI

VÍDEO: Comentarista diz que críticas ao leilão de imóveis da Prefeitura de Cajazeiras é ‘politicagem’