header top bar

section content

Advogados de candidato a prefeito de Uiraúna anunciam que vão recorrer da decisão de impugnação ao TRE e destacam: “À vitória”

Segundo a assessoria jurídica do candidato a prefeito pela situação, a decisão de primeira instância deve ser reformulada do TRE.

Por Luzia de Sousa

04/09/2016 às 23h22 • atualizado em 04/09/2016 às 23h28

Prefeito de Uiraúna, Bosco Fernandes (PSDB)

A coligação “Por Uma Uiraúna Cada Vez Melhor”, representada pelo prefeito e candidato a reeleição, Bosco Fernandes (PSDB) explicou que a decisão do juiz da 53ª Zona Eleitoral, Fabiano Lúcio, que indeferiu neste domingo (4), o registro de candidatura poderá ser revisto pelo Tribunal Regional Eleitoral.

+ Justiça Eleitoral barra registro de candidato a prefeito na região de Cajazeiras; Assessoria demonstra confiança em reverter impugnação

+ Coligação pede impugnação de candidatura a reeleição de prefeito na região de Cajazeiras

Segundo a assessoria jurídica do candidato a prefeito de Uiraúna, pela situação, a decisão de primeira instância deve ser reformulada do TRE, pois a defesa de Bosco Fernandes vai apresentar argumentos sólidos e contundentes que serão analisados no prazo legal.

“Estamos confiantes e seguros de que esta decisão será revertida no TRE e será assegurado a Dr. Bosco Fernandes o direito que ele tem de concorrer nessas eleições como legítimo representante do povo”, destacou a assessoria do tucano

VEJA A NOTA DE ESCLARECIMENTO
Sobre a sentença judicial publicada nesse domingo (04), que indeferiu o pedido de registro de candidatura da chapa formada pelos candidatos João Bosco Nonato Fernandes, Prefeito, e Segundo Santiago, Vice, esclarecemos:
A decisão publicada hoje é de 1ª instância, portanto, passível de recurso, e a assessoria jurídica da Coligação “Por Uma Uiraúna Cada Vez Melhor” irá recorrer da mesma ao TRE – Tribunal Regional Eleitoral – apresentando, novamente, argumentos sólidos e contundentes a serem analisados agora por este tribunal dentro do prazo legal.
Estamos confiantes e seguros de que esta decisão será revertida no TRE e será assegurado a Dr. Bosco Fernandes o direito que ele tem de concorrer nessas eleições como legítimo representante do povo, como garante a lei e reza a democracia.
Sigamos firmes e fortes rumo à vitória no dia 02 de outubro.

Atenciosamente,

Rodrigo Lima Maia
Advogado – OAB/PB 14.610

Hérleson Sarllan A. de Almeida
Advogado – OAB/PB 16.732

Ana Cláudia Nóbrega Braga Alencar
Advogada – OAB/PB 19.466

DIÁRIO DO SERTÃO

TOTALMENTE RENOVADO

VÍDEO: Com mais elegância e tecnologia, novo carro da Wolkswagen é lançado com festa em Cajazeiras

ENTREVISTA

VÍDEO: João Azevêdo garante que tem planos para fortalecer produção de leite e área da saúde em Pombal

ALÍVIO

VÍDEO: Para vice-presidente do SINDIÁGUA, eleição de João Azevêdo afasta risco de privatização da Cagepa

FASE DE 'ÓCIO'

VÍDEO: Aposentado, jornalista da PB cita ex-colegas da imprensa que ele admira e diz se pretende voltar