header top bar

section content

Vereadores acusam presidente de não abrir Câmara de Triunfo para sessão e guardar documentos na sua casa

No mês passado, Faguinho Lisboa e os demais vereadores protagonizaram uma confusão durante uma sessão que terminou com expulsão e presença da polícia

Por Jocivan Pinheiro

14/04/2018 às 15h54 • atualizado em 14/04/2018 às 16h48

Vereadores em frente à Câmara de Triunfo fechada, segundo eles

Vereadores do grupo de situação do município de Triunfo, no Alto Sertão paraibano, acusam o presidente da Câmara Municipal, Faguinho Lisboa (PSB), de não estar abrindo a casa legislativa no horário regimental, deixando os parlamentares do lado de fora.

Nossa redação teve acesso a fotografias que mostram os vereadores na frente da Câmara, que está trancada com corrente e cadeado. Segundo eles, as fotos foram tiradas em horário de sessão.

Além disso, os parlamentares também acusam Faguinho de estar guardando documentos legislativos na sua casa, sem permitir que a bancada de oposição à sua gestão tenha acesso.

VEJA TAMBÉM:

Após confusão e até presença da PM, juiz decide pela permanência de vereadores em Triunfo

Ex-prefeito de Triunfo defende vereadores e diz que presidente não é proprietário da Câmara

Vereadores mostram porta da Câmara de Triunfo com corrente e cadeado

No mês passado, Faguinho Lisboa e os demais vereadores da Câmara de Triunfo protagonizaram uma confusão durante uma sessão que terminou com a presença da polícia, luzes apagadas, público expulso e uma conturbada votação que decidiu pelo afastamento do presidente.

Até o horário da publicação desta matéria, tentamos contato com Faguinho, mas ele não retornou. Deixamos o espaço aberto para sua resposta.

DIÁRIO DO SERTÃO

Recomendado para você pelo google

DIRETO AO PONTO

VÍDEO: Se reforma da Previdência não cortar privilégios, sociedade deve ‘gritar’ contra ela, diz padre

INFRAESTRUTURA

VÍDEO: Chuvas destroem ruas de Cajazeiras que não são pavimentadas e moradores cobram ação da Prefeitura

VETERANO DA MÚSICA

VÍDEO: Em Cajazeiras, cantor de renome nacional critica sertanejo universitário: “Virou uma baderna”

COBRA REAJUSTE DE 2018

VÍDEO: Sindicalista elogia Zé Aldemir por salário de professores, mas diz que felicidade é ‘entre aspas’