header top bar

section content

TCE mantém condenação a ex-prefeito de Cajazeiras no montante de quase R$ 150 mil

O ex-prefeito recorreu da decisão do TCE, mas foi negado o recurso de reconsideração, mantendo na íntegra as decisões recorridas.

Por Luzia de Sousa

28/05/2018 às 18h10

Ex-prefeito da cidade de Cajazeiras, Léo Abreu

O Tribunal de Contas do Estado da Paraíba divulgou nesta segunda-feira (28), acórdão da decisão que condenou o ex-prefeito de Cajazeiras, Leonid Souza de Abreu a multa de R$ 4.150,00, além da imputação débito, referente à despesa não comprovada, no valor de R$ 143.925,39.

O ex-prefeito recorreu da decisão do TCE, mas foi negado o recurso de reconsideração, mantendo na íntegra as decisões recorridas referentes a prestação de contas de 2010.

“Com relação às despesas empenhadas em favor de Bernard o Vidal Consultoria Ltda, argumenta o insurreto ter sido questionado o benefício gerado a partir dos serviços prestados pela empresa, ressaltando que a gestão procedeu à rescisão do respectivo contrato quando constatada a ineficiência dos serviços contratados e que se encontra em tramitação junto ao Tribunal de Justiça da Paraíba ação de restituição de valores movida pela Prefeitura em face da contratada, não sendo, no seu entender, o caso de imputar o valor pago, porquanto foram adotadas as medidas judiciais cabíveis com vistas à devolução da quantia despendida pelo erário municipal”, relatou a Procuradora do Ministério Público junto ao TCE, Isabella Barbosa Marinho Falcão

DIÁRIO DO SERTÃO

CASO AINDA REPERCUTE

EXCLUSIVO: Diretora fala pela primeira vez sobre morte de mulher no HRC: “A equipe fica consternada”

COM OLIVAN PEREIRA

VÍDEO: Exoneração do sobrinho de Rivelino Martins e nomeação de Maura Sobreira agitam o Direto ao Ponto

CONTRA A LIBERAÇÃO

VÍDEO: Comandante da PM de Cajazeiras vê risco de aumentar crimes domésticos e fúteis com posse de arma

EM 2020

VÍDEO: Deputado federal sugere que Chico Mendes pode ser candidato a prefeito de Cajazeiras pelo PTB