header top bar

section content

FOI MUITA ÁGUA: Açude do Sertão da PB sangra e deixa cerca de 25 famílias isoladas

“Estamos isolados aqui desde que o dia amanheceu”, disse o morador José Roberto de Lima.

Por Luzia de Sousa

17/03/2017 às 09h24 • atualizado em 17/03/2017 às 09h25

Assentamento Patativa do Assaré, em Santa Gertrudes (Foto: Folha Patoense)

O principal açude do Assentamento Patativa do Assaré, em Santa Gertrudes, está sangrando e impossibilitando que e cerca de 25 famílias possam se deslocar para a cidade de Patos. O fato foi registrado nessa quinta-feira, no Sertão da Paraíba.

VEJA TAMBÉM

+ ALEGRIA ALEGRIA! Após chuva de quase 100 milímetros, ‘rio’ de cidade da região de Sousa transborda e deságua no Rio do Peixe. VÍDEO!

Chuvas não mudam os principais açudes de Cajazeiras, Sousa, Patos e Vale do Piancó

 Barragem deságua em açude seco de São José de Piranhas

“Estamos isolados aqui desde que o dia amanheceu”, disse o morador José Roberto de Lima.

O Açude Jacu, ou Açude da Lama, recebe água do Rio Panati, e sangra por cima, ou seja, quem mora na parte leste do Patativa do Assaré fica isolado até que o volume da sangria diminua.

Por volta das 10 horas já tinha gente se arriscando a atravessar o balde de motocicleta. “Estamos esperando a água baixar para que carros possam passar também, creio que por volta das 14 horas já esteja normalizado”, disse Roberto.

DIÁRIO DO SERTÃO com Folha Patoense

SE CUIDE!

VÍDEO: No Janeiro Branco, Diversidade em Foco promove uma ‘Conversa sobre suicídio e como evitá-lo?’

RECONHECIMENTO

Prefeito de Sousa garante ajuda mensal ao médico cubano: “Eu irei ajudá-lo em todos os momentos”

"MERECIA MAIS"

VÍDEO: Comentarista critica falta de prestígio de Sousa com o Governo do Estado nas nomeações de cargos

ANTIGO E NOVO

VÍDEO: Secretário e prefeito exibem projeto do novo Museu de Cajazeiras feito por arquiteta cajazeirense