header top bar

section content

Devido a fortes chuvas no Sertão, açude transborda e MPPB recomenda que prefeito suspenda ‘emergência’

Decreto vê 'situação de emergência devido à estiagem' em cidade abastecida por açude que está com 101% da capacidade.

Por Campelo - Diário do Sertão em Sousa

28/04/2018 às 08h44 • atualizado em 28/04/2018 às 14h53

O Ministério Público da Paraíba (MPPB) recomendou à prefeitura de Itaporanga, no Sertão paraibano, a revogação de um decreto municipal de situação de emergência devido à estiagem que estaria afetando o município.

VEJA MAIS NOTÍCIAS DO VALE DO PIANCÓ

Tudo porque o açude “Cachoeira dos Alves”, sangrou e está atualmente com 101% de sua capacidade total, segundo informações da Agência Executiva de Gestão das Águas (AESA).

A recomendação do MP foi publicada no Diário Oficial no meio da semana, quarta-feira (25).

O prefeito Divaldo Dantas (MDB), tem um prazo de cinco dias para o gestor para responder à recomendação.

O documento ainda diz que o município não enfrenta nenhum problema com a falta de água, e já com as muitas chuvas que caíram, houve inundações e alagamentos em diversas ruas desta cidade.

O decreto de emergência por estiagem foi publicado no dia 4 de abril e é válido por 180 dias.

DIÁRIO DO SERTÃO

Recomendado para você pelo google

PROTESTO

VÍDEO: populares vão às ruas para protestar contra a reforma da Previdência na cidade de Patos

VEJA VÍDEO

Padre de Cajazeiras revela curiosidades sobre o santo casamenteiro: “Faz milagre a pessoa encalhada”

SAÚDE

Dieta milagrosa? Médico diz que a compulsão e afetividade pela comida são perigosas para o emagrecimento

VÍDEO

Mototaxista reclama de multa cobrada na Zona Azul da cidade de Cajazeiras; “Está errado”