header top bar

section content

Levantamento mostra que Sertão da Paraíba tem dezesseis açudes sangrando e dois em situação crítica

Os mananciais que já estão transbordando estão localizados em diversas regiões do sertão paraibano, segundo monitoramente da AESA na Paraíba

Por José Dias Neto

29/03/2020 às 14h37

Diário do Sertão realizou buscas em dados oficiais da AESA Paraíba

De acordo com o monitoramento diário da Agência Executiva de Gestão das Águas (AESA), a Paraíba tem 28 açudes sangrando em todo estado, enquanto que 13 estão em situação crítica.

Do número total de mananciais que atingiram capacidade máxima, 16 deles ficam em diversas regiões sertanejas. Enquanto os que enfrentam situação crítica, apenas 02 açudes ficam localizados no sertão, e são:  Açude Sabonete com 1.952.540 m³ na cidade de Teixeira e São Mamede  com 15.791.280 m³, ambos na região de Patos.

Segundo a AESA, foram registrados aportes em vários mananciais, aos quais são destacados pela importância estratégica (capacidade de armazenamento e/ou cidades abastecidas), os açudes: Farinha, Pilões, São Gonçalo, São José I, entre outros.

Os pontos azuis da imagem acima indicam os mananciais que estão sangrando na Paraíba, segundo a AESA

Os açudes que estão acima de 100% de sua capacidade são:

Santa Rosa:  2.843.984 m³ (100%) em Brejo do Cruz;

Barragem da Farinha: 25. 738.500m³ (100%) em Patos;

Açude Emas: 2.013.750 m³ (100%) em Emas;

Açude Glória: 1.349.980 m³ (100%) em Juru;

Açude Tavares II: 9.000.000 m³ (100%) em Tavares;

Açude Catolé I: 10.500.000 m³ (100%) em Manaíra;

Açude Vazante: 9.091.200 m³ (100%) em Diamante;

Açude Cachoeira dos Alves: 10.611.196 m³ (100%) em Itaporanga;

Açude Pimenta: 255.744 m³ (100%) em São José de Caiana;

Açude Cochos:  4.199.773 m³ (100%) em Igaracy;

Açude Cafundó: 313.680 m³ (100%) em Serra Grande;

Açude São José I: 3.051.125 m³ (100%) em São José de Piranhas;

Açude Bom Jesus: 343.800 m³ (100%) em Carrapateira;

Açude Jenipapeiro: 1.948.300 m³ (100%) em São José da Lagoa Tapada;

Açude Cachoeira da Vaca: 339.156 m³ (100%) em Cachoeira dos Índios;

Barragem Pilões: 7.888.85 (100%) m³ em São João do Rio do Peixe;

São Gonçalo: 41.800.479 m³ (103%) em Sousa.

Os demais açudes do sertão, que são monitorados pela AESA estão com volume dentro da normalidade.

NOS LINKS ABAIXO, VEJA IMAGENS DOS PRINCIPAIS AÇUDES DO SERTÃO DURANTE SANGRIA:

VÍDEO: após chuvas fortes na região, barragem da Farinha em Patos amanhece sangrando

VÍDEO: Barragem de Pilões na região de Cajazeiras sangra após fortes chuvas e internautas comemoram

VÍDEO: Açude transborda e forte correnteza deixa moradores ilhados na cidade de Cachoeira dos Índios

VÍDEO: Açude que abastece as cidades de Diamante e Boa Ventura começa a sangrar após fortes chuvas

VÍDEO: após nove anos de espera, população comemora sangria de açude São Gonçalo no município de Sousa

DIÁRIO DO SERTÃO

AINDA TEM PRESTÍGIO

VÍDEO: Acusado de corrupção, prefeito afastado de Uiraúna celebra aniversário e recebe bênção em missa

PERGUNTAS ONLINE

VÍDEO: Prefeito de São José de Piranhas presta coletiva, faz balanço de obras e anuncia mais ações

PANDEMIA

Médico fala dos casos da COVID-19 e explica o efeito pendular: “Fica levando e trazendo o vírus”

NOS ÚLTIMOS ANOS

VÍDEO: Ex-secretário aponta evasão escolar no ensino fundamental em Cajazeiras e propõe estratégias

Recomendado pelo Google:
error: Alerta: Conteudo Protegido !!