header top bar

section content

Francisco Cartaxo

Francisco Sales Cartaxo Rolim foi secretário de planejamento do governo de Ivan Bichara, secretário-adjunto da fazenda de Pernambuco – governo de Miguel Arraes. É escritor, filiado à UBE/PE e membro-fundador da Academia Cajazeirense de Artes e Letras – ACAL. Autor de, entre outros livros, Guerra ao fanatismo: a diocese de Cajazeiras no cerco ao padre Cícero.

Email: cartaxorolim@gmail.com

| 22/07/2019 07:15

Ética e a natureza jurídica da ACAL

No discurso de posse como governador, em 15 de março de 1975, (Ver Nonato Guedes, A fala do poder), Ivan Bichara Sobreira, anunciou este propósito: Quero governar à luz do sol, sem mistérios, sem subterfúgios e sem sombras. Nem sempre conseguiu fazê-lo. Às vezes, injunções políticas fizeram-se mais fortes. Transcorrido tanto tempo, porém, todos reconhecem […]


| 15/07/2019 08:02

Presença da Academia Cajazeirense Artes e Letras

Depois de cumprir o ritual de instalação, com a posse solene de seus fundadores, em 24 de maio deste ano, a Academia Cajazeirense de Artes e Letras prepara-se para um segundo evento público em Cajazeiras. Desta vez, inserido na programação oficial em homenagem ao padre Inácio de Sousa Rolim, que ocorrerá no próximo mês de […]


| 08/07/2019 10:03

Biblioteca Castro Pinto e a ACAL

Corrijo hoje o engano cometido na crônica da semana passada, alertado que fui pelo professor José Antônio de Albuquerque. A criação da Biblioteca Castro Pinto não ocorreu na gestão do prefeito Antônio Quirino de Moura. Veio de mais longe. Do final do Estado Novo, com o decreto-lei nº 20, de 23 de janeiro de 1945, […]


| 01/07/2019 09:29

A emenda Castro Pinto

Castro Pinto é nome de biblioteca pública em Cajazeiras. Homenagem do prefeito Antônio Quirino de Moura (1973-1976), que a construiu e inaugurou. Não tenho lembrança se questionaram a escolha. Antônio Quirino pode muito bem explicar as razões de sua preferência por um filho da litorânea cidade de Mamanguape. João Pereira de Castro Pinto nasceu em […]


| 23/06/2019 10:40

O sino da igreja velha

O badalo do sino da secular igreja da praça da Casa Forte soou diferente naquela manhã. Fazia anos que se ouvia uma engenhoca eletrônica. Naquele dia, não. Caminhantes matinais notaram a mudança. Então vimos na janela da torre a cordinha para lá e para cá, movida por mão invisível. De repente, aflorou a imagem meio […]


| 17/06/2019 09:12

Quadrilha no clube social

As mãos já não eram grossas pelo uso do cultivador, da enxada, do machado e da foice. Fazia tempo que ele deixara a lavoura para tentar a vida na cidade. Até começava a enxergar as coisas com o olhar da cidade. Pouco a pouco, o matuto do pé-de-serra ia dando lugar a outra pessoa, agora […]


| 10/06/2019 09:26

A beleza da estrela da manhã

Hoje não quero compromisso com a história de Cajazeiras. Nem quero saber da ACAL, de economia ou política. Muito menos da rigidez narrativa de fatos, datas ou ilações, seja de que natureza for. Adeus raciocínio disciplinado, policiado pela razão. Quero soltar as amarras do real e deixar fluir a imaginação pelos fluxos interiores até alcançar […]


| 02/06/2019 14:19

A festa da Academia Cajazeirense de Artes e Letras

Fazia tempo que Cajazeiras não vivenciava festa literária como a de sexta-feira passada. De todos os ângulos de avaliação, a resposta é favorável, salvo um ou outro deslize, comum em eventos dessa natureza. A ACAL se instalou no dia 24 de maio sob o signo do sucesso. Ótimo. Nos dá mais ânimo, mais disposição para […]


| 27/05/2019 10:23

Ivan Bichara e Academia Cajazeirense de Artes e Letras

Instala-se hoje, no Cajazeiras Tênis Clube, a Academia Cajazeirense de Artes e Letras, depois de intensa preparação conduzida por intelectuais de várias formações. A festa solene é o final de longa caminhada, que nasceu lá atrás, graças a iniciativas, lamentavelmente, não coroadas de êxito. Os passos dados, porém, funcionaram como etapas para sua constituição legal, […]


| 20/05/2019 10:00

A Academia Paraibana de Letras e a ACAL

Faz mais de três anos. Depois de visita que Francelino Soares e eu fizemos ao presidente da APL, escritor Damião Ramos Cavalcanti, escrevi esta crônica em abril de 2017, que agora republico. Parece um fantasma. A Academia Cajazeirense de Letras virou fantasma. E olha que ela foi “criada” com pompa, em solenidade pública, registrada no […]

Recomendado para você pelo google