header top bar

section content

VÍDEO: Juiz confirma que existe conversas para remover Vara do Trabalho de Cajazeiras para outra cidade

Fundada em agosto de 1995, a Vara do Trabalho de Cajazeiras se constitui ao longo dos anos como um dos mais importantes órgãos da Justiça no Alto Sertão da PB

Por Jocivan Pinheiro

28/01/2019 às 15h08 • atualizado em 06/02/2019 às 12h28

A Vara do Trabalho de Cajazeiras foi fundada no dia 18 de agosto de 1995 e ao longo dos anos se tornou um dos mais importantes órgãos da Justiça na região.

Localizada na rua Maria da Piedade Viana, bairro Pôr do Sol, Zona Norte da cidade, a Vara do Trabalho consegue atender a demanda de 12 municípios (Cajazeiras, Bernardino Batista, Bom Jesus, Bonito de Santa Fé, Cachoeira dos Índios, Carrapateira, Monte Horebe, Poço de José de Moura, Santa Helena, São João do Rio do Peixe, São José de Piranhas e Triunfo). Porém, o juiz titular Cláudio Pedrosa confirmou que existe a possibilidade do órgão ser transferido para outra região.

“Não se trata propriamente de uma extinção porque as unidades judiciárias só podem ser extintas por lei. Mas há, sim, comunicação de alguns segmentos do tribunal, ainda que extraoficialmente, de que a Vara do Trabalho de Cajazeiras está na iminência de ser removida para outra cidade do estado”, disse o magistrado que já revelou ser contra a transferência.

VEJA TAMBÉMPrefeito José Aldemir assegura que Vara do Trabalho permanecerá em Cajazeiras

Claudio Pedrosa, juiz titular da Vara do Trabalho de Cajazeiras

“Eu manifestei minha opinião de que seria não só um prejuízo para a cidade em termos de atendimento e ações sociais, mas também seria um retrocesso porque a Vara do Trabalho de Cajazeiras já tem algum tempo em atuação na cidade e tem apresentado bons resultados em tempo razoavelmente curto, com presteza, com execução eficiente e a população tem sido atendida com proveito”, completa o juiz.

Manifestações

A possibilidade de Cajazeiras perder a Vara do Trabalho não é assunto recente. Em setembro de 2017, o prefeito José Aldemir Meireles (PP) buscou apoio do então senador Raimundo Lira (MDB) e, na época, disse ter conseguido, junto ao Tribunal Superior do Trabalho (TST) e ao Tribunal Regional do Trabalho da 13ª Região a garantia de que a Vara não será removida.

Já em setembro de 2018, a OAB de Cajazeiras, por sua vez, encaminhou ao então deputado federal Luiz Couto (PT) um manifesto repudiando a remoção e pedindo ação por parte do parlamentar.

DIÁRIO DO SERTÃO

Recomendado para você pelo google

SONHO REALIZADO

VÍDEO/FOTOS: Prefeitura de Cajazeiras realiza sorteio de 300 apartamentos e evento é marcado pela emoção

MUITA ÁGUA!

A MAIOR DA HISTÓRIA: ruas e avenidas em Sousa viram rios após fortes chuvas durante a madrugada. Veja!

SERTÃO EM DESTAQUE

VÍDEO: Com cajazeirense na vice-presidência, Paulo Maia toma posse para comandar OAB Paraíba até 2021

MODELOS DE SUCESSO

VÍDEO: Empresários do Pará interessados em implantar TV A CABO visitam Netline e TV Diário do Sertão