header top bar

section content

Famoso radialista que fez sucesso no Boca Quente da Difusora AM morre no Hospital Regional de Cajazeiras

O radialista Paulo Feitoza faleceu na manhã deste sábado (07), no Hospital Regional de Cajazeiras e a causa morte ainda é desconhecida pelos médicos

Por José Dias Neto

07/11/2020 às 12h14 • atualizado em 10/11/2020 às 13h52

Paulo Feitoza durante entrevista à TV Diário do Sertão. Foto. Diário do Sertão

Faleceu na manhã deste sábado (07), o radialista cajazeirense Paulo Feitoza, aos 45 anos, um dos mais prestigiados comunicadores do Sertão paraibano. O radialista morreu no Hospital Regional de Cajazeiras (HRC), possivelmente vítima de um infarto.

De acordo com informações da assessoria de comunicação do hospital, Paulo Feitoza deu entrada na unidade, na noite desta sexta-feira (06) com desconforto respiratório e foi internado. O radialista comunicou aos profissionais do HRC que recentemente havia realizado uma tomografia e precisava de atendimento especializado, mas seu quadro de saúde se agravou e ele teve que ser intubado no eixo vermelho do hospital.

VEJA MAIS:

VÍDEO: Seguranças entram em cena para intervir em debate após forte discussão entre candidatos de Sousa

EXCLUSIVO: Do hospital, Paulo Feitoza revela que quase ficou paraplégico e diz que está vivo por milagre

A causa morte do radialista ainda não foi confirmada pela equipe médica, porém, a assessoria de comunicação do Hospital Regional de Cajazeiras informou ao Diário do Sertão, que aguarda a emissão do laudo para divulgar o motivo da morte de Feitoza.

A última selfie que Paulo Feitoza fez nos estúdios da TV Diário do Sertão. Foto: Arquivo Pessoal

TRAJETÓRIA – PAULO FEITOZA – ”O SEGREDO É NÃO DESANIMAR”

Paulo Feitoza atuou na imprensa por 18 anos e faleceu no dia do radialista, 7 de novembro. Começou suas atividades radiofônicas na FM Cidade, e em seguida atuou pelas rádios: Alto Piranhas AM, Rádio Oeste da Paraíba AM, Difusora Rádio Cajazeiras AM, Patamuté FM, Arapuan FM e a seu atual prefixo, a Mais FM.

Na Difusora AM, Feitoza se destacou na apresentação do radiofônico Boca Quente, um dos principais programas jornalísticos do rádio paraibano.

Paulo Feitoza estava atuando na Estação Mais FM, dividindo bancada com o ‘boca quente’ Wilson Furtado e Jota França, liderando a audiência no Alto Sertão da Paraíba.

Como correspondente da Mais FM, Paulo Feitoza era um dos comentaristas dos debates promovidos pelo Sistema Diário de Comunicação, na TV Diário do Sertão, tendo comentado os debates das cidades de Sousa e Cajazeiras.

REPERCUSSÃO

A morte de Paulo Feitoza causou grande comoção na cidade de Cajazeiras. O diretor presidente do Sistema Diário de Comunicação, Petson Santos, lamentou o falecimento do radialista em nome da Associação Paraibana de Imprensa (API) e prestou solidariedade à família e a todos os companheiros da imprensa sertaneja.

O Sistema Diário de Comunicação através de Petson Santos lamentou o falecimento de Paulo Feitosa. Foto: Diário do Sertão

De acordo com o radialista Jota França, o velório de Paulo Feitoza acontece durante todo sábado (07) na Igreja Assembleia de Deus, localizada na rua Tenente Arsênio Araruna, nas proximidades da Praça do Xamegão, no centro de Cajazeiras. Já o sepultamento ocorrerá na manhã deste domingo (08).

DIÁRIO DO SERTÃO

JUSTIFICATIVA

VÍDEO: Prefeito eleito de Ipaumirim Wilson Alves (Puíca), responde a todos porque não foi para o debate

EVENTO ONLINE

VÍDEO: Master Gold Colégio e Curso realiza I Feira Master de Arte, Ciência e Cultura em Cajazeiras

SOLIDARIEDADE

VÍDEO: Alunos fazem ‘vaquinha online’ para construir casa do funcionário de um faculdade em João Pessoa

BAIXIO/CE

VÍDEO: Ex-candidata Kacilda Alencar critica prefeito eleito e diz o que é ‘lapada’ para o povo baixiense

Recomendado pelo Google:
error: Alerta: Conteudo Protegido !!