header top bar

section content

Francisco Cartaxo

Francisco Sales Cartaxo Rolim foi secretário de planejamento do governo de Ivan Bichara, secretário-adjunto da fazenda de Pernambuco – governo de Miguel Arraes. É escritor, filiado à UBE/PE e membro-fundador da Academia Cajazeirense de Artes e Letras – ACAL. Autor de, entre outros livros, Guerra ao fanatismo: a diocese de Cajazeiras no cerco ao padre Cícero.

Email: cartaxorolim@gmail.com

OPINIÃO | 30/09/2014 19:31

O martelo federal de Gobira

Cajazeiras sempre foi muito benevolente com os candidatos de outras cidades. Em seguidas eleições ela ajuda a levar para Brasília políticos de Campina Grande, Patos, Sousa, Catolé do Rocha, Pombal, Conceição. Até de Uiraúna. Poucos desses deputados se integram às preocupações de nossa comunidade. De quem é a culpa? Parte da culpa cabe mais às […]


| 22/09/2014 19:21

Padre Cícero, Bosco Barreto e Gobira

Padre Cícero morreu no dia 20 de julho de 1934, sem conseguir reaver as ordens sacerdotais, suspensas em virtude dos falsos milagres protagonizados pela beata Maria de Araújo. Embora sem autorização para exercer na plenitude as funções de padre católico, a crença do povo não arrefecia, considera “meu padrim” um santo, mesmo sendo ele mal […]


OPINIÃO | 14/09/2014 17:29

Paixão política e baixaria

A internet está cheia de baixarias, nascidas em variadas fontes. Preponderam, contudo, aquelas geradas na paixão dos que temem perder o poder em outubro, como aponta o cenário depois da trágica morte de Eduardo Campos. A perspectiva de passar o governo a outras mãos tem levado a liderança e a militância do PT a comportar-se […]


OPINIÃO | 07/09/2014 19:36

O fenômeno Gobira

Escrevo estas linhas sob o impacto do que vi e ouvi em Cajazeiras no começo da semana. Nas ruas, em lojas, escritórios, bares, onde se juntam duas ou mais pessoas, o assunto é um só: o fenômeno Gobira. O surgimento de inusitado fato eleitoral. No início, parecia brincadeira, fruto do espírito galhofeiro dos cajazeirenses. Mas […]


| 31/08/2014 13:11

Memórias do padre Raymundo Honório Rolim (2)

Dá gosto ler “Vida e missão atropeladas”, livro do padre Raymundo Honório Rolim. Ele trata da felicidade e das angústias do menino criado no mato, do jovem seminarista e do vigário. Depois de estafante viagem de três dias, o matuto do sítio Vale Verde chega ao Seminário de João Pessoa, carregado de imagens idealizadas de […]


OPINIÃO | 24/08/2014 20:29

O destino foi cruel com Eduardo Campos

O destino foi cruel com Eduardo. Ele começava a viver o momento mais importante de sua vida. Mês passado perdera Ariano Suassuna, amigo e conselheiro, também de seu avô, Miguel Arraes. Ariano e Arraes moravam em casas na rua do Chacon, uma defronte da outra. O destino foi muito cruel com Eduardo, jovem político em […]


OPINIÃO | 20/08/2014 18:59

Memórias do padre Raymundo Honório Rolim

O padre Raymundo Honório Rolim tem atribulada trajetória de vida. Com 84 anos de idade, incluindo quase 55 como sacerdote, ele viveu episódios inusitados metendo-se em muitas encrencas. Disso dá conta até mesmo o título de seu livro, Vida e missão atropeladas. São 91 pequenos textos, distribuídos em 178 páginas, impressas na Gráfica Real, de […]


OPINIÃO | 09/08/2014 13:32

Feito corno eleitoral

Está aberta a temporada de compra e venda de votos neste curioso mercado de transações criminosas. O candidato senta com o dono da mercadoria, discute preço, quantidade de votos, modalidades de pagamento etc. etc. Tudo sem grande formalismo, na base da confiança, dada a natureza do negócio, um delito previsto na legislação eleitoral, poucas vezes […]


| 04/08/2014 16:34

O jumento sedutor vem aí todo enfeitado

Ariano Suassuna viajou no dia 23 de julho. Não voou por medo de avião. Resistia a subir num bicho daqueles e olhar do alto o buraco imenso lá em embaixo. Preferia a buraqueira das estradas. Por isso foi a cavalo. Ele pós os arreios no animal, amarrou bem a cela, vestiu o gibão, pendurou um […]


OPINIÃO | 27/07/2014 20:44

Mestre João Ubaldo Ribeiro

A gargalhada era ouvida à distância. No rosto largo o riso intermitente, a voz grave, muito grave, os olhos quase fechados quando ria. Assim eu conheci João Ubaldo na Faculdade de Direito da UFBA, quando me transferi de Fortaleza para Salvador, ele prestes a concluir o curso de ciências jurídicas e sociais. Ainda estudante, exercia […]

Recomendado para você pelo google