header top bar

section content

João de Deus cobra reforma do fórum de Cajazeiras e diz que falta de acessibilidade é “uma imoralidade”

Presidente da OAB de Cajazeiras fez um desabafo e uma cobrança enérgica às autoridades políticas e judiciárias para que o Fórum Ferreira Júnior seja reformado

Por Jocivan Pinheiro

23/08/2018 às 14h46

O presidente da OAB Cajazeiras, João de Deus Quirino Filho, fez um desabafo e uma cobrança enérgica às autoridades políticas e judiciárias para que o Fórum Ferreira Júnior seja urgentemente reformado.

Durante participação no debate da TV Diário do Sertão sobre os 155 anos de Cajazeiras, o advogado admitiu que construir um novo fórum é quase impossível devido à escassez de recursos públicos, mas o prédio deve ser reformado e ter seus acessos adaptados a portadores de necessidades especiais.

“Passou o tempo. Cajazeiras deixou passar o time, porque na época em que se doou o terreno tinha até uma possibilidade, hoje não tem. Eu conheço a questão orçamentaria do Tribunal de Justiça. Mas se não a construção, Cajazeiras precisa ter uma reforma urgente na sua casa de justiça.”

João de Deus demonstrou indignação com a falta de acessibilidade para portadores de necessidades especiais no fórum e chamou de “imoralidade” esse descumprimento de lei.

“Não tem uma rampa na porta da frente. Todas as salas de audiência são de espaço mínimo e para que qualquer deficiente acesse as salas, ele tem a humilhação de ter que sair da cadeira de rodas nos braços das pessoas, passar para dentro e depois sentar novamente. Isso é o básico. Como é que a casa da justiça exige a cobrança da lei e ela descumpre não dando acessibilidade?”

VEJA TAMBÉM:

Presidente do TJPB descarta construção de novo fórum em Cajazeiras

+ OAB reclama de falta de acessibilidade no fórum de Cajazeiras

+ OAB local integra parceria para resolver o problema do estacionamento do Fórum de Cajazeiras

Fórum Ferreira Júnior foi construído na década de 70

João de Deus disse ainda que Cajazeiras deveria tomar como modelo a cidade de Caicó, no Rio Grande do Norte, que investe mais em turismo religioso, infraestrutura e serviços jurídicos.

“O sonho nosso seria que Cajazeiras fizesse o que Caicó conseguiu. Tem três coisas que eu tenho inveja boa de Caicó: a festa da padroeira; Caicó conseguiu com verbas federais uma alça que arrodeia toda a cidade, e conseguiu fazer uma coisa que a gente chama de ‘cidade jurídica’. Houve a doação de uma área e estão todos juntos: o fórum, o Ministério Público, a Justiça Eleitoral, a Justiça Federal, o Ministério do Trabalho, a delegacia de polícia, tudo junto num só lugar.”

DIÁRIO DO SERTÃO

VÍDEO: Psicologia no Ar recebe diretores e psicóloga de organização que promove cidadania em Cajazeiras

NOVIDADES

Xeque-Mate visita lançamento do novo plano da Eletrosorte, que firmou parceria com gigante dos seguros

FUTEBOL DE CAJAZEIRAS

VÍDEO: Dirigentes e ex-jogadores relembram histórias marcantes do Duque de Caxias, que completou 50 anos

VÍDEO: Programa de rádio que é sucesso na região de Campina fecha parceria com emissora de Cajazeiras