header top bar

section content

Gildemar Pontes

Escritor e Poeta. Ensaísta e Professor de Literatura da Universidade Federal de Campina Grande – UFCG, em Cajazeiras. Graduado em Letras pela UFC, Mestre em Letras UERN. Doutorando em Letras UERN. Editor da Revista Acauã e do Selo Acauã. Tem 22 livros publicados e oito cordéis.

É traduzido para o espanhol e publicado em Cuba nas Revistas Bohemia e Antenas. Vencedor de Prêmios Literários locais e nacionais. Foi indicado para o Prêmio Portugal Telecom, 2005, o principal prêmio literário em Língua Portuguesa no mundo. Ministra Cursos, Palestras, Oficinas, Comunicações em Eventos nacionais e internacionais. Faixa Preta de Karate Shotokan 3º Dan.

Email: gilpoeta@yahoo.it

| 21/11/2020 19:04

Quem tem culpa no Carrefour?

Carlos Gildemar Pontes  Em primeiro lugar, vamos distribuir as devidas competências para o fato, ocorrido recentemente no Carrefour, que levou à morte de um negro na saída do Supermercado no Rio Grande do Sul. Dois seguranças, um deles policial militar à paisana e prestando serviço para uma empresa de segurança privada (primeiro crime), o outro, […]


| 05/11/2020 16:10

Quando a Justiça Estupra a Lei

Por Carlos Gildemar Pontes Quem conhece um mínimo de História do Brasil, sabe que a justiça sempre existiu para favorecer os interesses dos ricos, dos poderosos, chegando a ser, muitas vezes, o determinador do crime, do julgamento e da pena, sem ao menos um direito de defesa por parte dos condenados. Venho discutindo essa excrescência […]


| 08/06/2020 09:16

A senha é simples e fácil

No meu tempo de estudante universitário, integrei o Centro Acadêmico Patativa do Assaré, do Curso de Letras da UFC. Na época, existiam pelo menos três correntes políticas majoritárias no DCE, os leninistas, os trotskistas e os stalinistas. Os anarquistas não chegavam a 10%. E eu era anarquista. Como o inimigo número um do país era […]


| 01/06/2020 10:21

Quem viver verá

Pelo convívio que tenho com a esquerda, em regra geral, ela atua com estrito respeito às leis e ao espírito democrático. Há exceções que merecem reparo histórico e superação de métodos alheios à regra democrática. Não poderia ser diferente. Quando falamos em Brasil, reconhecemos que tivemos pouco tempo e experiência com a esquerda. Dos 131 […]


| 21/05/2020 14:09

Se não fosse a falta de educação!

Esse governo desafia qualquer razoabilidade. E como ele sabe que a maioria do povo que o elegeu é frágil na compreensão, é limitado no alcance e é guiado por mentiras, vai alimentando essa fatia ignóbil e prejudicando o povo brasileiro. Nada que venha do Bolsonaro me espanta. O que me espanta é saber que o […]


| 03/05/2020 18:44

A ideia da força e a força das ideias

Um amigo, com quem dialogo frequentemente sobre a realidade em que vivemos, mostrou sua preocupação diante do marasmo a que estamos imersos como sociedade, diante deste governo desastroso para o país. E eu, com a minha habitual necessidade de fustigar as ideias, propus uma reflexão sobre a ideia da força e a força das ideias. […]


| 28/04/2020 17:14

Tratado geral da imbecilidade

Por Carlos Gildemar Pontes Alguns escritores e pensadores contemporâneos têm se dedicado ao tema com preocupação e procurando respostas que estão sendo maturadas no campo das reflexões de ordem filosófica, sociológica e poética. O campo cultural, onde podemos realizar interseções de ordem reflexiva, aponta para um novo muro de contenção, a ignorância. Com a queda […]


| 10/04/2020 00:55

Bolsonarismo é uma doença da falta de cidadania

Por Gildemar Pontes Meus caros leitores, não sou muito fácil de perder a paciência, por isso, muitas vezes, transformo a minha indignação reagindo através da pilhéria. Como estudo identidade nacional, a partir da visão da “Carta” de Pero Vaz de Caminha, passando por alguns historiadores e por alguns escritores, defendo a tese de que não […]


| 10/03/2020 14:49

Quem inventou a solidão?

Estamos vivenciando o isolamento dos indivíduos e a sua gradual entrega à solidão. Mas não se trata de uma solidão de pessoas, de família ou de amigos. Trata-se de uma solidão psíquica. Somos seres fadados ao encontro e todas as formas de coletividade proporcionam uma forma de agregar valores supra-individuais que aproximam pessoas distintas em […]


| 24/12/2019 14:06

O amor e a razão de sua existência

O que faz alguém caminhar com fé? Creio que, em primeiro lugar, uma autoestima que estabiliza os pensamentos em torno das lutas, das conquistas e das vitórias sobre tudo que o desejo consciente promoveu. Não trato a fé como algo religioso, mas como uma força interior capaz de gerar energia. Desde os tempos mais esquecidos, […]

Recomendado pelo Google:
error: Alerta: Conteudo Protegido !!